Quente, amistosa e cheia de charme, a Bahia é destino certo para viagens imperdíveis! As belezas naturais, a rica cultura e a saborosa gastronomia atraem visitantes de todas as partes do mundo. Muito além das praias, a Bahia tem pontos turísticos para todos os gostos. Foi muito difícil selecionar apenas 10, mas conseguimos!

Veja abaixo a nossa lista de pontos turísticos baianos e atualize seu roteiro.

Home - Slider 1

Pelourinho: um dos mais emblemáticos pontos turísticos da Bahia

Casas coloridas do Pelourinho, ponto turístico Bahia
O Pelourinho é o bairro mais famoso da capital, e é símbolo do Centro Histórico de Salvador

Carinhosamente chamado de “Pelô”, o Pelourinho é o bairro de Salvador que abriga a área do Largo Terreiro de Jesus até o Largo do Pelourinho. Cercado de construções do século XVII e XVIII em calçamento “pé de moleque”, com pedras irregulares, o local é símbolo do Centro Histórico de Salvador, tombado pelo IPHAN ( Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Lá é possível apreciar casarões preenchidos por ateliês, lojas, museus, bares, restaurantes e até hospedagens, como pequenas pousadas. O som do Olodum, organização cultural que ensina música percussiva, também marca presença. As várias igrejas da região não podem faltar no roteiro. Vale conhecer a Catedral Basílica de Salvador, a Igreja e o Convento da Terceira Ordem de São Francisco e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Elevador Lacerda: a vista panorâmica mais famosa da Bahia

Elevador Lacerda e Baía de Todos os Santos, em Salvador, Bahia
O Elevador Lacerda, com 72 m de altura, é o primeiro elevador do mundo a servir como transporte público

Mais de Salvador! A capital do estado abriga alguns dos mais famosos pontos turísticos da Bahia, entre eles o Elevador Lacerda. Inaugurado em 1873, o elevador de duas torres, quatro cabines, 72 m e capacidade para mais de 100 pessoas foi o primeiro do mundo a servir de transporte público! Ele liga a Praça Tomé de Sousa, na Cidade Alta, à Praça Cayru, no bairro do Comércio, a Cidade Baixa.

A viagem dura cerca de 30 segundos e custa R$ 0,15 por viagem (preço sujeito à alteração). O elevador transporta em média 28 mil pessoas por dia, com funcionamento das 6h às 22h. É impossível passar pela cidade e não ter essa experiência! Aproveite para apreciar a visão panorâmica do alto da passarela do elevador.

Mercado Modelo: compras e gastronomia em Salvador

Mercado Modelo, em Salvador, na Bahia
O Mercado Modelo é point certo para quem gosta de especiarias típicas, souvenirs e pratos baianos

Vizinho do Elevador Lacerda, o Mercado Modelo é outra das construções históricas da capital. Datado de 1912, o prédio em estilo neoclássico abriga cerca de 260 lojas onde os turistas podem comprar de especiarias a artesanatos. Durante o passeio, se der sorte, é possível presenciar espetáculos ao som de berimbau e caxixi (instrumentos típicos) e rodas de capoeira. No final do tour, não deixe de ir ao piso de cima e escolher um dos dois restaurantes: Maria de São Pedro ou Camafeu de Oxóssi, onde as delícias marcam presença, seja no cozido de peixe ou na moqueca.

O Mercado costuma abrir de segunda a sábado das 9h às 19h e aos domingos e feriados das 9h às 14h, com entrada gratuita. Para mais informações, confira o site oficial. O caminho para chegar na Praça Visconde de Cayru, onde ele está localizado, pode ser feito por meio do Elevador Lacerda. Aproveite o que a capital da Bahia tem de melhor e emende um ponto turístico no outro!

Basílica do Senhor do Bonfim: fitas coloridas e festividades

Igreja Nosso Senhor do Bonfim, na Bahia
A Basílica doSenhor do Bonfim é famosa pelas fitinhas coloridas e também pela tradicional lavagem da escadaria

Ícone da fé baiana, as imagens do Senhor Jesus do Bonfim e Nossa Senhora da Guia foram trazidas de Portugal em meados de 1745. A Basílica do Senhor do Bonfim foi erguida especialmente para abrigá-las, com a fachada em rococó e a arquitetura em estilo neoclássico. No mês de janeiro, acontece no local a lavagem dos degraus de entrada. A festividade se inicia com uma caminhada de 8 km até o santuário e, chegando lá, o cortejo das baianas faz a lavagem da escadaria com água de cheiro.

As fitinhas coloridas são símbolo do local e também da Bahia. Se tornaram tradição no início do século 19, e eram chamadas “medidas”, pois tinham 47 cm, mesmo tamanho do braço direito da imagem do Senhor do Bonfim. Atualmente, na tradição popular, a fitinha é amarrada no pulso com três nós, cada um deles precedido por um pedido. No site oficial, confira os horários de abertura, das missas e do museu.

Projeto TAMAR: a vida marinha como um dos pontos turísticos da Bahia

Tartaruga nascendo do ovo, no Projeto Tamar, na Bahia
No Projeto TAMAR, todos aprendem sobre as tartarugas marinhas e podem até mesmo vê-las nascendo

Uma das unidades mais famosas do Projeto TAMAR está localizada na Praia do Forte, a 60 km ao norte de Salvador. Sediada no local desde os anos 80, a unidade tem como objetivo preservar e cuidar de tartarugas marinhas por meio de pesquisas e ações sociais. O local recebe cerca de 600 mil pessoas por ano, e atrações incluem espaços temáticos, aquários de 600 mil litros de água, ninhos de tartarugas, mostras multimídias, restaurante onde são servidos pratos a cozinha baiana e uma loja.

Conforme o cronograma do projeto é possível acompanhar visitas orientadas e alimentação dos animais, além do nascimento de bebês tartaruga, a soltura deles no mar e a observação de quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas presentes no Brasil. Para mais informações sobre ingressos e funcionamento, acesse o site oficial.

Leia aqui um pouco mais sobre a Bahia e suas praias

Centro Histórico de Porto Seguro: onde tudo começou

Centro histórico de Porto Seguro, ponto turístico da Bahia
O Centro Histórico de Porto Seguro é tão imperdível quanto as praias do destino, e garante uma viagem no tempo

Quando o assunto é pontos turísticos da Bahia, Porto Seguro não pode faltar no roteiro! Afinal, a região foi a primeira a ser avistada e colonizada pelos portugueses. O destino é essencial para conhecer o ínicio da história do Brasil, e é no centro histórico que tudo começou.

Situado no Sul e sobre uma falésia, o local é considerado patrimônio histórico, e abriga construções imponentes e memoráveis. Uma delas é o Marco do Descobrimento, trazido pelos portugueses no séc XV, para indicar a qual país aquele território pertencia. Tem ainda o farol, inicialmente para proteção, que oferece uma das melhores vistas da região.

Para uma viagem completa ao passado, o Museu de Porto Seguro retrata a vida das tribos indígenas antes da chegada dos portugueses, com exposições e artefatos. As igrejas também contam a história local, como a Igreja de Nossa Senhora da Pena. Ela possui imagens sacras do séc XVI e XVII, entre elas a primeira imagem trazida para o Brasil, de São Francisco de Assis.

Casa de Cultura Jorge Amado: o ídolo baiano da literatura brasileira

Casa de Cultura Jorge Amado, um dos pontos turísticos da Bahia
A Casa de Cultura Jorge Amado é um museu ambientado na casa original do autor | Raíssa Haddock Lobo

Ilhéus é musa do escritor baiano Jorge Amado, e por isso é comum passear pela cidade e ver diversos lugares que fizeram parte das obras ou vida do autor. Museus também fazem parte dos pontos turísticos da Bahia, e esse é o caso da Casa de Cultura Jorge Amado. Estabelecido na mesma casa que o escritor passou a infância, o local oferece passeio guiado aos visitantes, com exposição de roupas, fotos, históricos de família e vídeos do escritor.

Para incrementar o passeio, dê uma passada no Bar Vesúvio, a menos de 100 m da Casa de Cultura. Ele foi cenário para o romance de Gabriela e Nacib, da obra “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado. Visite também o cabaré Bataclan, comandado por Maria Machadão na obra de Amado, e onde hoje funciona restaurante e acontecem eventos e apresentações teatrais.

Leia mais no Mag sobre a Casa de Cultura Jorge Amado e outros museus brasileiros  

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos: um ponto turístico em alto mar

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, um dos pontos turísticos da Bahia
No Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é possível observar as Baleias Jubarte de julho a novembro

Seguindo ao extremo sul do estado, a cerca de 240 km de Porto Seguro, chegamos a região de Abrolhos. Este famoso ponto turístico da Bahia é, na verdade, um arquipélago a cerca de 70 km da costa. O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é composto por cinco ilhas, entre elas Santa Bárbara, habitada por cientistas e militares, e Siriba, que recebe o público. A grande atração do local são as Baleias Jubarte, que de julho a novembro usam o local para se reproduzirem e terem seus filhotes. Caso não esteja na época, é possível desfrutar de outros passeios, como observação de aves e mergulhos de cilindro pelos barcos naufragados no local.

Os passeios precisam ser previamente agendados com agências credenciadas, para que seja possível conhecer esses cenários únicos. Para realizar alguns dos mergulhos, um certificado profissional é indispensável. O local mais próximo de acesso no continente é Caravelas, a cerca de 4h de carro de Porto Seguro. Para mais informações sobre o funcionamento, confira o site oficial.

Parque Nacional da Chapada Diamantina: a beleza do interior baiano

Cachoeira do Buracão, no Parque Nacional da Chapada Diamantina
A Chapada Diamantina é repleto de paisagens emblemáticas, por exemplo a Cachoeira do Buracão

Os pontos turísticos da Bahia não estão apenas no litoral. A cerca de 400 km de Salvador, em direção ao interior do estado, está o Parque Nacional da Chapada Diamantina. Ideal para os ecoturistas, a Chapada conta com cerca de 150 mil hectares, onde é possível encontrar cachoeiras, poços de águas transparentes, grutas e muitas trilhas.

Entre tantos passeios deslumbrantes, vale conhecer a Cachoeira do Buracão. Em um cânion de 3 m de largura e 90 m de altura está a queda d’água. Após um trekking que por si só já surpreende pelas paisagens, é necessário entrar no rio e flutuar até chegar à cachoeira. Outra paisagem imperdível é a Cachoeira da Fumaça, que pode ser vista de cima ou de baixo. O trajeto por cima tem menor dificuldade, mas ainda assim possui 12 km, com um trecho bastante íngreme.

A oferta de passeios pela região é variada, mas em destinos como esse é extremamente importante ter a companhia de um profissional habilitado. Algumas recomendações: tênis e botas para trekking, água, boné, protetor solar e dinheiro em espécie são essenciais. Para mais informações sobre o local, confira o site oficial da Chapada.

São Desidério: um dos pontos turísticos da Bahia que foge do comum

Buraco do Inferno, em São Desidério, na Bahia
São Desidério é ponto perfeito para quem busca esportes radicais e ecoturismo | Aolobo71/CC BY-SA

Aprofundando-se ainda mais no interior baiano, a cerca de 570 km da Chapada Diamantina e 880 km de Salvador, chegamos a São Desidério. Um dos destinos baianos favoritos dos ecoturistas! Entre os passeios, destaque para o Parque Municipal da Lagoa Azul, de águas claras que podem ser apenas contempladas, o Sítio Arqueológico das Pedras Brilhantes, que preserva inscrições rupestres nos paredões e grutas, e o Buraco do Inferno, uma gruta com o maior lago subterrâneo do Brasil. São mais de 12 mil m² de água cristalina!

Todos os pontos visam a completa preservação da natureza baiana e não devem ser visitados sem um guia. A presença de um responsável é importante para manter o passeio seguro e as belezas naturais intocadas. Para mais informações, confira o site oficial da prefeitura da cidade.

Onde se hospedar na Bahia

Porto Seguro Praia Resort 

Piscina do Porto Seguro Praia Resort

Em frente à Praia de Curuípe, o Porto Seguro Praia Resort oferece 62 mil m² de diversão! A experiência é regada por All-Inclusive, que dispõe de dois restaurantes e um bar ao lado da piscina. E por falar em piscina, ao todo são quatro, duas de uso infantil. O lazer das crianças continua no kids’ club, com playground, recreação, etc. E para curtir a localização à beira-mar, o Clube de Praia João da Sunga oferece mesas, espreguiçadeiras, guarda-sóis, bar e mais. Os momentos de bem-estar acontecem na sauna, jacuzzi e com as massagens. 

Iberostar Selection Praia do Forte

Vista geral do Iberostar Selection Praia do Forte

Considerado um dos melhores resorts All-Inclusive da América do Sul, o Iberostar Selection Praia do Forte é o cinco estrelas perfeito para curtir a Bahia com mordomia. À beira de praia homônima, o paladar é agraciado por seis restaurantes, cinco bares e uma cafeteria. Quanto ao entretenimento, há seis piscinas, quadras esportivas, salão de jogos, kids’ e babies’ club, espetáculos noturnos, boate, centro esportivo, SPA com custo extra e muito mais. Além de tudo isso, os hóspedes têm acesso ilimitado ao Iberostar Bahia!

Grand Palladium Imbassaí 

Vista aérea das piscinas do Grand Palladium Imbassaí, na Bahia

Com a Praia de Imbassaí de pano de fundo e hospedagem no Grand Palladium Imbassaí, a viagem em solo baiano fica inesquecível! O lazer começa dentro d’água, com quatro piscinas, uma delas de 3 mil m², e se estende à terra firme, com quadras esportivas, salão de jogos, babies’, kids’ e teens’ club, espetáculos noturnos e minidiscoteca. Para o bem-estar, há área fitness e, com custo extra, SPA. Garantindo a energia, a experiência é All-Inclusive! Ao todo são seis restaurantes e 11 bares. 

Club Med Trancoso

Vista geral do Club Med Trancoso, na Bahia

No Sul da Bahia, sobre falésias, o Club Med Trancoso alia os serviços de alto padrão da rede francesa ao cenário paradisíaco da Praia do Taípe. O resort possui acesso exclusivo à praia, com um elevador panorâmico, e oferece bar, espreguiçadeiras e guarda-sóis à beira-mar. O All-Inclusive é o responsável pelas delícias gastronômicas, servidas em dois restaurantes e três bares, e pela diversão ilimitada! Ao todo tem duas piscinas, trapézio voador, recreação monitorada, babies’, kids’ e teens’ club, shows temáticos e mais. 

Campo Bahia Villas Spa

Piscina do Campo Bahia Villas Spa, hotel no sul da Bahia

Entre Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, o Campo Bahia Villas Spa é a hospedagem certa para uma experiência sofisticada e intimista. A gastronomia é contemplada por café da manhã ou meia pensão inclusa na tarifa, com refeições servidas no Restaurante Caju. O hotel está em frente à Praia de Santo André, e oferece um Beach Lounge, com churrasco, bar e música ao vivo. O lazer fica por conta da piscina com hidro, aulas de capoeira e dança, kids’ club e, com custo à parte, passeios de barco, stand up paddle e caiaque.


Bonitos por inteiro, os pontos turísticos da Bahia vão das praias até o interior sem decepcionar! Escolheu seu favorito? Prepare o tour, as malas e salve as dicas, porque a próxima viagem para a Bahia está no Zarpo.

Raíssa Haddock Lobo

Com uma paixão por São Paulo e um crush por Nova York. Ama street looks, barzinhos do momento e pontos turísticos diferentões. Não dispensa um rooftop nem uma maratona de Sex and the City.

Hellen Cerqueira

Em busca de aventuras, suas viagens são para conhecer novas culturas e experimentar comidas típicas e bebidas artesanais. Na dúvida, as praias são sempre sua escolha preferida!

Escreva um comentário