Quente, amistosa e cheia de charme, a Bahia é destino certo para viagens imperdíveis! As impactantes belezas naturais, a rica cultura e a saborosa gastronomia atraem visitantes de todas as partes do mundo. Muito além das praias, a Bahia tem pontos turísticos para todos os gostos. Foi muito difícil selecionar apenas 10, mas conseguimos! Confira abaixo a nossa lista e atualize seu roteiro.

Bahia

Leia aqui um pouco mais sobre o estado da Bahia e suas praias

Projeto TAMAR: a vida marinha como um dos pontos turísticos da Bahia

Projeto Tamar - Bahia
O Projeto TAMAR é ponto turístico para todas as idades | Ana Raquel S. Hernandes/Flickr CC BY-SA

Uma das unidades mais famosas do Projeto TAMAR está localizada na Praia do Forte, a 60 km ao norte de Salvador. Sediada no local desde os anos 80, a unidade tem como objetivo preservar e cuidar de tartarugas marinhas por meio de pesquisas e ações sociais. O local recebe cerca de 600 mil pessoas por ano, entre nativos, estudantes e estrangeiros. As atrações incluem espaços temáticos, aquários de 600 mil litros de água com espécies marinhas, ninhos de tartarugas, mostras multimídias e um restaurante onde, aos sábados, são promovidas reuniões gastronômicas com a presença de diferentes cantores da MPB e rock brasileiro.

Conforme o cronograma do projeto é possível acompanhar o nascimento de bebês tartaruga, a soltura deles no mar e a observação de quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas no brasil. Entre os pontos turísticos da Bahia, esse é altamente recomendado para crianças – ele conta com oficinas, atividades e programação de férias especial para os pequenos, que se divertem junto a recreadores e biólogos marinhos com tartarugas de verdade!

Projeto Tamar - Bahia
Crianças e adultos aprendem sobre a preservação e a vida das tartarugas | Jean Marconi/Flickr CC BY-SA

O período do verão é mais garantido para presenciar os fenômenos. No entanto, eles acontecem conforme o tempo dos animais e podem ser vistos em diferentes épocas do ano. É importante manter-se informado diretamente com o Projeto TAMAR, assim como acompanhar o painel do local para os dias e horários específicos das atividades. O projeto costuma abrir diariamente das 8h30 às 18h. Para mais informações sobre ingressos e funcionamento, acesse o site oficial.

Interessou? Hospede-se na Pousada Sobrado da Vila. Ela está apenas a 750 metros do Projeto TAMAR e oferece café da manhã incluso na tarifa, bar, piscina de uso adulto e infantil, serviços de massagem com custo à parte e mais. Outra opção na região, a cerca de 9 km, é o Iberostar Selection Praia do Forte. Perfeito para viagens em família, o resort tem sistema All-Inclusive com seis restaurantes, diversos bares e uma área de lazer completa: seis piscinas, campo de golfe, clube de recreação infantil, boate, espetáculos noturnos, spa, etc. Para melhorar, os hóspedes têm acesso ao Iberostar Bahia, resort vizinho da mesma rede que conta com uma infraestrutura tão bela quanto.

Elevador Lacerda: a vista panorâmica mais famosa da Bahia

Elevador Lacerda - Bahia
O Elevador Lacerda é o primeiro elevador do mundo a servir como transporte público

Descendo à região da Baía de Todos-os-Santos chegamos a Salvador. A capital do estado abriga alguns dos mais famosos pontos turísticos da Bahia, entre eles o Elevador Lacerda. Inaugurado em 1873, o elevador de duas torres, quatro cabines, 72 metros e capacidade para 128 pessoas foi o primeiro do mundo a servir de transporte público! Ele liga a Praça Tomé de Sousa, na Cidade Alta, à Praça Cayru, no bairro do Comércio – os dois andares territoriais de Salvador.

A viagem que dura 22 segundos transporta em média 900 mil pessoas por mês, funciona 24 horas por dia e custa cerca de R$0,25 por viagem (preço sujeito a alteração). Para essas e mais informações, acesse o site oficial da prefeitura. Impossível passar pela cidade e não ter essa experiência. Aproveite para apreciar a visão panorâmica do alto da passarela do elevador.

Interessou? Hospede-se no Fera Palace Hotel. A menos de 3 km do Elevador Lacerda, ele foi reinaugurado em 2016, inspirado no estilo art déco, e ocupando o lugar do antigo Palace Hotel, o pioneiro no quesito luxo na Bahia. Entre os atrativos: cobertura com vista panorâmica para a Baía de Todos-os-Santos, piscina de borda infinita, spa, bar e restaurante renomados. Além disso, o hotel está bem localizado em meio ao centro histórico de Salvador!

Mercado Modelo: compras e gastronomia em Salvador

Mercado Modelo - Bahia
O Mercado Modelo é point certo para quem gosta de especiarias típicas, souvenires e pratos baianos

Vizinho do Elevador Lacerda, o Mercado Modelo é outra das construções históricas da capital. Datado de 1912, o prédio em estilo neoclássico abriga cerca de 260 lojas onde os turistas podem comprar de especiarias a artesanatos e instrumentos musicais. Durante o passeio, se der sorte, é possível presenciar espetáculos ao som de berimbau e caxixi (instrumentos típicos) com lutadores de capoeira. No final do tour, não deixe de ir ao piso de cima e escolher um dos dois restaurantes: Maria de São Pedro ou Camafeu de Oxóssi, onde as delícias marcam presença seja no cozido de peixe ou na moqueca.

O Mercado costuma abrir de segunda a sábado das 9h às 19h e aos domingos e feriados das 9h às 14h, com entrada gratuita. Para mais informações sobre o funcionamento, confira o site oficial. O caminho para chegar na Praça Visconde de Cayru, onde ele está localizado, pode ser feito por meio do Elevador Lacerda. Aproveite o que a capital da Bahia tem de melhor e emende um ponto turístico no outro!

Interessou? Hospede-se no Wish Hotel da Bahia. A menos de 3 km do Mercado Modelo, o hotel garante dias repletos de lazer e bem-estar com piscina ao ar livre, academia, spa, salão de beleza e muito mais. Para as refeições, os restaurantes Passeio de Vitória e Genaro de Carvalho ficam responsáveis pelo delicioso café da manhã incluso na tarifa, assim como outras refeições típicas com custo à parte.

Igreja Nosso Senhor do Bonfim: três pedidos e as fitinhas coloridas

Igreja Nosso Senhor do Bonfim - Bahia
A Igreja Nosso Senhor do Bonfim é famosa pela produção das fitinhas coloridas que realizam desejos

Ícone da fé baiana, a imagem do Senhor Bom Jesus do Bonfim foi trazida em meados de 1745 e originou a Igreja, erguida especialmente para abriga-lo. Fechado em rococó, o santuário é famoso pela fabricação das coloridas fitinhas do Senhor do Bonfim, confeccionadas desde o início do século 19 com a medida do braço direito ao peito da imagem do santo. Na tradição popular, a tirinha deve ser enrolada duas vezes no pulso e amarrada com três nós. Cada nó precede um pedido realizado mentalmente, que deve ser mantido em segredo até a fita se romper por desgaste natural.

No mês de janeiro, o local ganha a especial lavagem festiva dos degraus de entrada. Feita com água de cheiro, ela se inicia com o cortejo das baianas e segue até oito quilômetros de festa, encerrando ao som de trios elétricos.

A Igreja costuma abrir diariamente, de segunda à quinta e aos sábados às 6h30 e às sextas e domingos às 5h30, sempre encerrando às 18h30. Há missas, terço dos homens, adoração ao Santíssimo Sacramento e até batizados, tudo em horários e dias diversificados da semana. É importante estar a par do cronograma local que pode ser visto no site oficial. Se preferir, há city tours que passeiam pelo centro de Salvador, incluindo a Igreja Nosso Senhor do Bonfim.

Interessou? Hospede-se no Grand Hotel Stella Maris. Cerca de 25 km distante do centro e apenas 7 km do aeroporto, o Stella Maris recebe os hóspedes com uma infraestrutura digna de cinco estrelas. Tem café da manhã incluso na tarifa, dois bares, piscina semiolímpica, quadra poliesportiva e até clube e recreação especialmente para crianças! Além disso, o hotel oferece também fitness center e salão de jogos para os adultos.

Pelourinho: um dos mais emblemáticos pontos turísticos da Bahia

Pelourinho – ponto turístico Bahia
O Pelourinho é uma das ruas mais famosas da capital, o espetáculo a céu aberto conta com shows e bares

Carinhosamente chamado de “Pelô”, o Pelourinho é um bairro de Salvador que abriga a área do Terreiro de Jesus até o Largo do Pelourinho. Cercado de construções do século XVII e XVIII em chão de pé de moleque (aquele com pedras irregulares sobre o chão de terra), o local faz parte do Centro Histórico de Salvador – Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Lá é possível apreciar casarões preenchidos por ateliês, lojas, museus, bares, restaurantes e até hospedagens como pequenas pousadas. No verão, a Banda Olodum invade o Largo do Pelourinho com os animados ensaios que acontecem duas vezes por semana.

É importante se informar aonde está o movimento e as principais atividades, pois, algumas ruas não são recomendadas para turistas, pela falta de segurança. Carros não são liberados para circular nas ruas, mas há diversos estacionamentos próximos ao bairro.  O passeio é gratuito, mas os estacionamentos costumam ter preços altos, principalmente em temporadas. Para mais informações, confira o site oficial do Pelourinho.

Interessou? Hospede-se no Vila Galé Salvador. A cerca de 8 km do Pelourinho, o Vila Galé garante conforto e serviço de qualidade. Suas opções de lazer vão desde um delicioso café da manhã incluso na tarifa, até piscina adulto e infantil com vista para o mar, jacuzzi, banho turco e serviços como massagens, locadora de automóveis, agência de turismo e room service.

Mercado de Artesanato de Ilhéus: ponto turístico de quitutes e compras

Mercado de Artesanato -  pontos turísticos da Bahia
O Mercado de Artesanato de Ilhéus é o lugar perfeito para as lembrancinhas | Parchen/Flickr CC-BY

Ao sul da Baía de Todos-os-Santos, a quase 300 km ao sul de Salvador, aterrissamos em Ilhéus. A pedida da vez é o Mercado de Artesanato da cidade. Térreo e com cara de praia, a estrutura está bem no centro do comércio e promete o melhor dos souvenires feitos a mão (como as famosas baianas, miniaturas de berimbau, licores de frutas regionais), e as especiarias regionais. Inaugurado em 2001, ele abriga 85 lojas e oferece também opções gastronômicas para comer na hora com lanchonetes de comidas típicas e restaurantes.

Ele está localizado no centro da cidade, então o acesso não é problema. A entrada é gratuita e o passeio é recomendado para a família toda. O Mercado abre todos os dias da semana, em dias úteis das 8h às 18h e aos finais de semana das 8h às 14h.

Interessou? Hospede-se no Tororomba. Localizado a apenas 2 km do centro, o hotel oferece hospedagem com café da manhã, meia pensão ou pensão completa inclusas na tarifa. Seguindo o mesmo viés, as opções de lazer são muitas e incluem desde duas piscinas até quadras esportivas, lago natural com pedalinho, hidromassagens e equipe de monitores para divertir crianças e adultos! Perfeito para casar boa localização com uma boa oferta de atividades.

Casa de Cultura Jorge Amado: o ídolo baiano da literatura brasileira

Casa de Cultura Jorge Amado -   pontos turísticos da Bahia
A Casa de Cultura Jorge Amado é um museu ambientado na casa original do autor | Raíssa Haddock Lobo

Ilhéus é musa registrada do escritor baiano Jorge Amado, por isso é comum passear pela cidade e ver diversos lugares que fizeram parte das obras ou vida do autor. Museus também fazem parte dos pontos turísticos da Bahia e esse é o caso da Casa de Cultura Jorge Amado. Estabelecido na mesma casa que o escritor passou a infância, o local oferece passeio guiado aos visitantes, com exposição de roupas, fotos, históricos de família e vídeos do escritor.

Para incrementar o passeio, dê uma passada no Bar Vesúvio, a menos de 600 m da Casa de Cultura. Ele foi cenário para a obra “Gabriela, Cravo e Canela”, assinada por Jorge Amado. Aos sábados há um teatro com os personagens Gabriela e Nacib. Nos dois lugares a foto com o autor está garantida. Na Casa de Cultura o registro fica por conta da estátua de bronze do escritor e, no bar, uma estátua de gesso compartilha a mesa com os visitantes. O museu costuma fechar apenas aos domingos e os ingressos giram em torno de R$ 5 (preço sujeito a alteração). Para mais informações confira o site oficial do museu. O Bar Vesúvio, por sua vez, também fecha aos domingos e trabalha nos demais dias das 10h à meia-noite.

Interessou? Hospede-se no Opaba Praia Hotel. Ele está a menos de 5 km do centro histórico de Ilhéus, e a menos de 1 km do aeroporto. Além da boa localização, ele garante muito conforto com piscina ao ar livre com vista para a praia, sauna, room service e restaurante próprio com café da manhã incluso na tarifa!

Leia mais no Mag sobre a Casa de Cultura Jorge Amado e outros museus brasileiros  

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos: um ponto turístico em alto mar

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos -  pontos turísticos da Bahia
No Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é possível observar as Baleias Jubarte, de julho a novembro

Seguindo ao extremo sul do estado, a cerca de 240 km de Porto Seguro, chegamos a região de Abrolhos. Este famoso ponto turístico da Bahia é, na verdade, um arquipélago a cerca de 70 km da costa. O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos está localizado no arquipélago composto por cinco ilhas, destaque especial para Santa Bárbara, residência de cientistas e militares, e Siriba, aberta ao público. A grande atração do local são as Baleias Jubarte, que de julho a novembro usam o local para procriação. Caso não esteja na época, é possível desfrutar de outros passeios como “Liveaboard” (viagens de três dias pelas ilhas), observação de aves e mergulhos de cilindro pelos barcos naufragados no local.

Entenda que o local é de difícil acesso e na região da Costa das Baleias há poucas opções de hospedagem. Nesse caso, é necessário fazer passeios com agências credenciadas e previamente agendados, para que seja possível aproveitar a ilha. Alguns esportes como os mergulhos, requerem um certificado profissional ou avançado dos praticantes. O local mais próximo de acesso no continente é Caravelas, a cerca de 4h de carro de Porto Seguro. Para mais informações sobre o funcionamento, confira o site oficial do local.

Parque Nacional da Chapada Diamantina: a beleza do interior baiano

Parque Nacional da Chapada Diamantina - pontos turísticos da Bahia
O Parque Nacional da Chapada Diamantina está 400 km da capital e traduz a beleza do interior baiano

Os pontos turísticos da Bahia não estão apenas no litoral. A cerca de 400 km de Salvador, em direção ao estado de Goiás, está o Parque Nacional da Chapada Diamantina. Ideal para ecoturismo, a Chapada conta com cerca de 1.500 m² onde é possível encontrar cachoeiras, poços de águas transparentes, grutas com formações raras, muitas trilhas e algumas pequenas cidades.

Todos os passeios são deslumbrantes, mas a dica do Magazine é a Cachoeira do Buracão. Em um cânion de três metros de largura e 90 metros de altura está a queda d’água. Após um trajeto de carro e alguns minutos de caminhada, é necessário entrar no rio e nadar cerca de 85 metros até ser recompensado com a cachoeira.

Em destinos como esse é extremamente importante ter a companhia de um profissional habilitado. As ofertas de passeios pela região são variadas e os caminhos incluem também trekking e escalada pelo cânion. O importante é não deixar de ir! Sobre o destino, algumas recomendações: tênis e botas para trekking, água, boné, protetor solar e dinheiro em espécie são essenciais. Na região toda pouquíssimos locais aceitam cartão, por causa da falha de sinal causada pelas montanhas, e há apenas um banco em toda região (Banco do Brasil). Para mais informações sobre o local, confira o site oficial da Chapada.

São Desidério: um dos pontos turísticos da Bahia que foge do comum

Buraco do Inferno - pontos turísticos da Bahia
São Desidério é ponto perfeito para quem gosta de esportes radicais e ecoturismo | Aolobo71/CC BY-SA

Aprofundando-se ainda mais no interior baiano, a oeste, cerca de 700 km da Chapada Diamantina e 900 km de Salvador, chegamos a São Desidério. Esse é um dos pontos turísticos da Bahia mais indicados para quem aprecia ecoturismo e esportes radicais. São mais de 100 grutas com escaladas e trilhas. Entre elas, o Magazine destaca três: Parque Municipal da Lagoa Azul, de águas claras apenas para contemplação, 40 metros de profundidade e 19 hectares de vegetação; Sítio Arqueológico das Pedras Brilhantes, onde habitavam índios tapuias e preserva até hoje inscrições rupestres nos paredões e grutas; e Buraco do Inferno, local que abriga uma gruta com o maior lago subterrâneo do Brasil, são mais de 12 mil m² de água cristalina!

Todos os pontos visam a completa preservação da natureza baiana e não devem ser visitados sem um guia. A presença de um responsável é importante para manter o passeio seguro e as belezas naturais intocadas. Guias credenciados podem ser encontrados no centro histórico de São Desidério, no Centro de Informações Turísticas. É possível chegar na região pelas estradas BR 242 (São Desidério/Salvador), BR 020 (São Desidério/Brasília) e BR 135 (São Desidério/Piauí). O destino está a cerca de 470 km de Brasília e 930 km de Salvador, e diversos ônibus interestaduais fazem o trajeto. Para mais informações, confira o site oficial da prefeitura da cidade.


Bonitos por inteiro, os pontos turísticos da Bahia vão das praias até o interior sem decepcionar! Escolheu seu favorito? Prepare o tour, as malas e salve as dicas, porque a próxima viagem para a Bahia já está no Zarpo.

Autor

Com uma paixão por São Paulo e um crush por Nova York. Ama street looks, barzinhos do momento e pontos turísticos diferentões. Não dispensa um rooftop nem uma maratona de Sex and the City.

Escreva um comentário