Charme, estilo rústico, praias deliciosas… Pipa é, do nascer do sol ao agito noturno, um dos mais incríveis destinos potiguares. O vilarejo em Tibau do Sul, cerca de 1h30 de Natal, ganhou fama e, com o passar dos anos, passou a atrair cada vez mais turistas. 

Veja nosso roteiro a seguir e descubra o que fazer em Pipa, incluindo visitas às praias, passeios e hotéis.

Home - Slider 1

Todos os detalhes para viajar para Pipa

Falésias de Pipa, no Rio Grande do Norte
As praias de Pipa se destacam pelas falésias de vários metros de altura, que emolduram o azul do mar

O vilarejo de Pipa está em Tibau do Sul, município do Rio Grande do Norte, a cerca de 80 km de Natal. Os turistas de outros estados costumam chegar pelo aeroporto de Natal, capital do estado, e então seguir para Pipa de carro, transfers agendados ou ônibus de viagem.

Muitos turistas optam por hospedar-se em Natal e conhecer a vila em um passeio bate-volta. Porém, para conhecer e aproveitar melhor suas praias e atrativos, nada como hospedar-se ao menos por 3 ou 4 dias em Pipa.

E qual é o melhor período para viajar para Pipa? No estado potiguar, o sol e o calor marcam presença o ano inteiro. Entretanto, entre dezembro e fevereiro a movimentação é maior, por conta do verão.

O que fazer em Pipa, no Rio Grande do Norte

Praias, mirantes, passeios, agito noturno e belíssimas paisagens fazem parte dos dias em Pipa. Saiba mais sobre o destino:

Praias de Pipa

Praia de Pipa, a principal do destino
A Praia de Pipa é a principal praia do destino, mais próxima em relação ao centro de Pipa

Pipa tem praias marcadas pelos tons avermelhados das falésias e o azul do mar. A Praia de Pipa é a mais visitada, especialmente por ser a mais próxima em relação à vila. Por isso, sua infraestrutura é a mais completa. Restaurantes, bares e quiosques tornam o dia de praia prático e saboroso.

Uma das mais bonitas da região, a Praia do Amor é a predileta dos surfistas. O coração formado pelo mar (que deu origem ao nome da praia) pode ser visto durante a maré baixa desde o Chapadão. As falésias tornam o visual lindo, mas por conta delas é preciso descer uma escadaria para chegar à areia. Uma vez lá, quiosques oferecem serviço de praia.

Já na Baía dos Golfinhos, não raramente os visitantes têm a oportunidade de apreciar o show dos golfinhos que nadam por ali. É preciso aguardar pela maré baixa para visitar a praia, e ela costuma ser uma opção mais sossegada quando comparada às praias de Pipa e do Amor. 

Para completar, a Praia do Madeiro costuma aparecer entre as mais bonitas do Brasil. Além da beleza, conta com quiosques e barracas. O acesso, porém, é através de uma trilha. Uma dica é combinar o dia de praia com o passeio no Santuário Ecológico.

Além dessas, as praias das Cacimbinhas e Sibaúma podem ser visitadas por quem tem mais dias no destino. 

Chapadão de Pipa

O nascer e o pôr do sol estão entre os momentos mais esperados pelos turistas de Pipa. O Chapadão está entre os melhores pontos para apreciar o espetáculo! Mesmo ao longo do dia, a passagem pela falésia é praticamente obrigatória na viagem. A vista para a Praia do Amor é incrível, e rende boas fotos. 

Santuário Ecológico de Pipa 

Para além dos momentos à beira-mar, vale incluir no roteiro a visita ao Santuário Ecológico de Pipa. O parque possui 16 trilhas de diferentes níveis, uma delas para a Praia do Madeiro. 

Os momentos em meio à fauna e flora são interrompidos pelas paradas nos mirantes, com vista para o azul do mar. O Projeto Tamar também monitora a área, que é escolhida pelas tartarugas para desova.

Passeios de buggy em Pipa

Uma forma divertida de conhecer variadas paisagens em um único roteiro é apostar em passeios de buggy e também de quadriciclos. O passeio no litoral sul pode ir até a Barra do Cunhaú ou, para ir mais longe, a Baía Formosa e a Praia de Sagi, já próxima à Paraíba. Já no litoral norte, há roteiros que vão até as Dunas de Malembá. 

Avenida Baía dos Golfinhos

O coração de Pipa! A Avenida Baía dos Golfinhos é a principal do destino. Charmosa e agitada – especialmente à noite -, é por lá que estão os principais restaurantes, bares e lojas da vila. 

Na região, vale uma pausa para jantar no Sofi Bistrô, no Atelier de Massas, no Camarão na Fazenda ou no Tapas, que estão entre os melhores restaurantes de Pipa.

Onde se hospedar em Pipa

Alguns hotéis de Pipa se destacam na hora de escolher uma hospedagem que garanta o conforto que as férias no Nordeste precisam. Confira mais detalhes sobre o Bupitanga Hotel e o Ponta do Madeiro. 

Bupitanga Hotel

Piscina do Bupitanga Hotel, em Pipa
O Bupitanga Hotel é ótima escolha para se hospedar com luxo próximo a Praia do Amor

A combinação de estilo rústico e toques de luxo torna o Bupitanga Hotel a cara de Pipa. O hotel está pertinho do Chapadão e da Praia do Amor, e a 2 km do centro do destino. O café da manhã está incluso na tarifa e, além dele, o restaurante serve pratos contemporâneos, sobremesas e drinks. 

Piscina com cascata e bar molhado, sala de jogos e redário completam a infraestrutura. Por fim, a acomodação é em bangalôs. No Zarpo são três à escolha, todas com varanda, TV, frigobar, secador de cabelo, banheira e amenities. Uma das opções se destaca pela piscina privativa.

Hotel Ponta do Madeiro

Deck à beira-mar do Hotel Ponta do Madeiro
Em uma das praias mais incríveis do litoral potiguar, o Hotel Ponta do Madeiro é destaque

Outra opção de hospedagem em Pipa é o Hotel Ponta do Madeiro. Ele está à beira da Praia do Madeiro, tem vista panorâmica para o mar e é cercado por natureza. O hotel possui piscina, bar na praia com espreguiçadeiras, guarda-sóis e menu de drinks e petiscos, e um gazebo para massagens e jantares exclusivos, com custo extra. 

O café da manhã está incluso na tarifa e o restaurante, com custo à parte, prepara também pratos da cozinha regional. Quanto à acomodação, são quatro opções de quartos, todas com varanda com rede, TV, ar-condicionado, frigobar, secador de cabelo e amenities.


Encantado por Pipa, no Rio Grande do Norte? Confira no Zarpo as opções de hospedagem e também de pacotes com voos para o destino. A promessa é de dias repletos de charme e belezas naturais.

Isabella Marques

Fascinada por metrópoles e por histórias, gosta de achar turismo em lugares pouco óbvios, mas também não dispensa passeios em cartões-postais, comprinhas e jantares românticos.

Escreva um comentário