Zarpo Magazine

Nova York é incrível em todas as épocas do ano: seja no verão, acompanhado por piqueniques no Central Park, ou no inverno, quando a paisagem é preenchida pela neve. Para quem quer fugir das altas temperaturas do verão brasileiro, viajar à Big Apple durante os meses gelados é uma experiência inesquecível.

Na prática, quem resolve se aventurar durante o inverno conhece uma face nova -iorquina única! De acordo com o mês escolhido, os gastos são reduzidos, as atrações são menos movimentadas e as datas comemorativas proporcionam uma atmosfera encantadora.

Para uma viagem completa, o Magazine selecionou as melhores dicas para aproveitar ao máximo todas as possibilidades do inverno em Nova York.

Como é o inverno de Nova York

Pista de patinação durante o inverno em Nova York
Nova York possui estações bem definidas. No inverno, a paisagem pintada pelo branco da neve é apaixonante

A cidade proporciona verões quentes e invernos gelados. O clima continental úmido, presente na parte norte dos Estados Unidos, é o motivo da grande amplitude térmica. No inverno, que dura entre dezembro e fevereiro, os termômetros frequentemente atingem -5° C.

Essa característica climática também cobre o Leste Europeu. Então prepare-se: o frio é russo! Devido ao vento, não é incomum a sensação térmica chegar a -15° C. Ainda assim, são vários os pontos positivos de uma viagem para Nova York durante o inverno, a começar pela paisagem apaixonante e digna de filmes.

Vale a pena conhecer Nova York no frio?

Sem rodeios, a resposta é sim! A depender da data escolhida para a viagem, é possível economizar de maneira significativa. A flutuação dos preços segue as temporadas turísticas: quanto maior o fluxo de viajantes, mais cara é a visita.

A cidade começa a ficar mais movimentada no fim de novembro, quando os turistas são atraídos pelas ofertas da Black Friday. Logo em seguida, as comemorações de fim de ano são responsáveis por transformar Nova York em uma das cidades mais encantadoras do mundo. O clima natalino se une ao tradicional ano novo na Times Square, um prato cheio para os turistas.

O ano-novo mais famoso do mundo! A cerimônia de virada de ano da Times Square, também conhecida como Ball Drop, acontece desde 1907. Para participar, chegue pelo menos às 14h do dia 31 de dezembro, horário em que o trânsito é interrompido e a estrutura é montada.

O cenário muda a partir da segunda metade de janeiro, e permanece assim até o fim de março. Nesse período, o mais gelado do inverno nova-iorquino, grande parte dos turistas começam a deixar a cidade. Os preços diminuem e as atrações ficam menos disputadas, o que possibilita visitar diversos pontos turísticos em poucos dias.

Como se vestir para enfrentar o inverno

Mala de viagem com roupas de inverno
Permaneça confortável e aquecido durante o inverno nova-iorquino vestindo a combinação certa de roupas

Essa é uma das partes mais importantes das viagens com destino a cidades frias, mas não é incomum observar turistas despreparados nos dias mais gelados. Os nova-iorquinos têm até uma expressão para ajudar os menos experientes: “layer up!”. A técnica é simples: consiste em usar diferentes camadas de roupas, cada uma responsável por uma função específica. 

A “camada de base”, com peças conhecidas como segunda-pele, são indispensáveis, pois ajudam a preservar o calor corporal. A segunda camada é a responsável por manter o corpo aquecido. Aqui, podem ser usadas blusas ou casacos, de preferência peças feitas com tecidos quentinhos. A última camada cumpre o importante papel de lidar com fatores externos, como o vento e a umidade. A dica é optar por peças fáceis de tirar ao entrar em ambientes aquecidos.

Lembre-se: para enfrentar o inverno de Nova York, luvas, gorros e cachecóis também são indispensáveis. E por último, mas não menos importante,
os calçados! Para caminhar em Nova York durante o inverno, escolha botas quentes, à prova d’água e antiderrapantes.

Confira dicas para arrumar a mala de viagem e viajar tranquilo

O que fazer durante o inverno em Nova York

Em Nova York, o que não faltam são possibilidades. A cidade oferece inúmeras opções durante todo o ano, mas algumas atrações ficam disponíveis apenas durante o inverno. Confira a seguir dicas imperdíveis para aproveitar ao máximo o frio nova-iorquino!

Patinar no gelo

O inverno em Nova York não fica completo sem as pistas de patinação. Marca registrada da atmosfera natalina, os ringues permanecem abertos entre outubro e março.

  • The Rink at Rockefeller Center: Cenário de diversos filmes natalinos, esta é a mais famosa pista de patinação da cidade. Ela está aos pés da The Rockefeller Center Christmas Tree, a icônica árvore de Natal de Nova York.
  • Bank of America Winter Village: Localizada no Bryant Park, esta é a única pista de patinação gratuita da cidade. Os patinadores levam seus próprios patins ou alugam um par. Ao lado da pista há um tradicional Mercado de Natal, sobre o qual falaremos mais à frente.
  • Winterland Rink: Já imaginou esquiar no terraço de um prédio? Isso é possível no Winterland Rink, localizado no rooftop do Pier 17. O local oferece vista espetacular para cartões-postais da cidade, como a Brooklyn Bridge e o Empire State Building.

Esquiar em Mountain Creek

Para os mais aventureiros, a melhor opção é a Mountain Creek. A estação, localizada a pouco mais de 1 h de Nova York, permite a prática de esportes como ski e snowboard. A montanha conta com circuitos de diferentes níveis de dificuldade, perfeita para novatos e experientes.

Visitar os Mercados de Natal

Os Mercados de Natal estão entre os principais atrativos turísticos do inverno nova-iorquino. Neles, além de deliciosas iguarias, os visitantes encontram trabalhos expostos por artistas locais. A maioria dos mercados abrem em novembro e encerram no dia 24 de dezembro.

  • Bryant Park Holiday Market: Considerado um dos mais tradicionais de Nova York, o Mercado de Natal do Bryant Park está atrás da majestosa Biblioteca Pública. Na feira, os turistas circulam entre barracas de jóias, roupas, objetos decorativos, artesanatos e muito mais.
  • Union Square Holiday Market: Com mais de 150 expositores, o mercado da Union Square atrai, todos os anos, mais de um milhão de visitantes. Além das barracas com itens típicos, a feira conta com inúmeras opções de comidas e bebidas, com destaque para a deliciosa sopa Persa.
  • Columbus Circle Holiday Market: Próximo ao Central Park, o Mercado de Natal Columbus Circle é conhecido por contar com amplo cardápio gastronômico. Entre algumas das culinárias disponíveis, estão a mexicana, turca e ucraniana.
  • Grand Central Holiday Fair: Para escapar do frio e, de quebra, conhecer um dos lugares mais ilustres de Nova York, a Grand Central Holiday Fair é a melhor pedida! A única feira natalina indoor da cidade fica no Grand Central, importante terminal ferroviário da cidade.

Confira roteiro com as melhores atrações para aproveitar Nova York

Conhecer o Chelsea Market Food Hall

Experimentar comidas de rua é um dos programas mais populares de Nova York. Porém, durante o inverno, a tarefa não é das mais fáceis. Por isso, os Food Halls são os lugares ideais para conhecer culinárias de diferentes países do mundo. O Chelsea Market Food Hall, situado no bairro homônimo, é o mais tradicional da cidade.

Nele, os turistas encontram pratos típicos das gastronomias indiana, alemã, mexicana, coreana e japonesa. Além dessas opções, há também sorveterias, lojas de vinhos, queijos, pães artesanais, temperos e roupas.

Assistir um espetáculo natalino

Cena da peça natalina Christmas Spectacular
Uma das cenas mais icônicas do Christmas Spectacular: Wooden Soldier Fall | Bob Jagendorf /Flickr CC-BY

Durante o inverno em Nova York, algumas peças são partes importantes da tradição da cidade. O espetáculo Christmas Spectacular está entre um dos marcos das festividades de fim de ano.

Realizado no fabuloso teatro Radio City Music Hall, ele entrou em cartaz pela primeira vez em 1933 e vem, desde então, encantando públicos de todas as idades. Encenado pelo grupo de dança The Rockettes, o espetáculo, além de contar com trilha sonora original, leva ao palco mais de 140 dançarinas.

Já para quem viaja só depois do Natal, os espetáculos da Broadway não podem ficar de fora do roteiro. As performances teatrais, que acontecem em 40 teatros localizados no distrito de Lincoln Center, são cultuadas pelo alto nível de suas produções. Entre os espetáculos mais populares estão O Rei Leão, Aladdin, O Fantasma da Ópera, Chicago e Hamilton.

Dois ingressos da Broadway pelo preço de um! Entre 21 de janeiro e 9 de fevereiro acontece o NYC Broadway Week, promoção com o objetivo de democratizar o acesso aos espetáculos do circuito. Ao comprar dois ingressos, os espectadores recebem 50% de desconto no valor final.

Confira os mais imperdíveis pontos turísticos de cinema em Nova York

Visitar museus

Metropolitan Museum of Art durante o inverno em Nova York
Nova York é destino certo para os amantes de arte e história: a cidade possui mais de 80 museus

Os passeios indoor são perfeitos para os meses frios. Durante o inverno em Nova York, os museus estão entre as atrações imperdíveis para os turistas. A cidade é conhecida por abrigar inúmeros deles, desde os modernos até os mais contemporâneos.

  • Metropolitan Museum of Art: Considerado um dos maiores e melhores museus do mundo, o MET recebe mais de 7 milhões de visitantes por ano. Além de alojar um extenso acervo de pinturas, fotografias e peças de vestuário, ele tem em seu interior um completo templo Egípcio. São mais de 2 milhões de obras e manifestações artísticas, concebidas desde a pré-história até os tempos atuais.
  • Guggenheim Museum: Além de contar com obras icônicas de Vincent van Gogh, Picasso e Kandinsky, o Guggenheim é admirável por sua arquitetura. Construído em espiral, o edifício é um dos mais importantes do século XX.
  • Museum of Modern Art: Inaugurado em 1929, o MoMA é o mais importante museu de arte moderna do mundo. O vasto acervo conta com obras de Picasso, Rodin, Vincent van Gogh, Munch e Gauguin. Prepare-se para ver de perto telas como “A noite estrelada”, “A persistência da Memória” e “Les demoiselles d’Avignon”.

Viajar para Nova York durante o inverno é uma experiência memorável! Para aproveitar a cidade ao máximo, reserve seu hotel com descontos exclusivos do Zarpo. Após retornar, compartilhe conosco os melhores momentos da viagem.

Autor

Observador nato, é fascinado por metrópoles e suas diversas manifestações artístico-culturais. Acredita que viajar é uma forma de compreender a si mesmo e a essência humana.

Escreva um comentário