Minas Gerais é destino certo para se reconectar com a natureza e se encantar pelo charme típico de interior. Serras e montanhas emolduram a região, a riqueza cultural e histórica é característica de todo o estado. Com cenários naturais incríveis, culinária típica marcante e o jeitinho mineiro simpático de ser, a viagem é perfeita para qualquer época do ano e qualquer companhia, seja a dois, entre amigos ou em família. 

Leia a seguir sobre as cidades de Minas Gerais e o que fazer no destino, além de dicas para se hospedar.

Home - Slider 1

Onde fica Minas Gerais?

Minas Gerais é um dos estados da região Sudeste. Desde São Paulo é possível chegar ao Sul de Minas em uma viagem de cerca de 3h de carro. Já para a capital, Belo Horizonte, são 600 km desde a capital paulista, aproximadamente 7h de carro. 

Quem visita qualquer cidade de Minas encontra uma gastronomia de dar água na boca, que inclui os famosos pão de queijo e doce de leite, e uma natureza de brilhar os olhos. As serra desenham o destino, entre elas a da Mantiqueira, do Espinhaço, do Sipó, da Canastra e de São José.

A história do estado também atrai o turismo. Descoberto durante a busca por ouro e pedras preciosas, tornou-se no início do século XVIII um importante centro econômico. Algumas cidades carregam no nome os marcos históricos locais, como Ouro Preto, em memória ao garimpo na região, e Tiradentes, em referência à Inconfidência Mineira.

O que fazer em Minas Gerais?

Belo Horizonte

Vista frontal da Capela de São Francisco de Assis, em Minas Gerais
A Capela de São Francisco de Assis está à beira da Lagoa da Pampulha, principal ponto turístico da cidade

Para curtir o que uma metrópole têm de melhor – lojas, restaurantes, bares e museus – aliado ao sossego típico de Minas, conheça Belo Horizonte. O tour começa pela Lagoa da Pampulha, Patrimônio da Unesco. A lagoa é cercada por uma extensa área verde, onde está o Museu de Arte da Pampulha, a Casa Kubitschek e a Capela de São Francisco de Assis, cartão-postal da cidade. Visite ainda o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, com 12 museus e memoriais. 

O Mercado Central atende ao paladar com barracas de doces (entre eles o famoso doce de leite!), queijos, cachaças e mais. Quanto à vida noturna, a cidade responde à alcunha de “Capital dos Botecos”, e oferece mais 14 mil estabelecimentos para saborear cervejas tradicionais e artesanais. 

Quanto tempo ficar? É possível conhecer Belo Horizonte em um final de semana. O mais indicado, porém, é ficar ao menos 4 dias na cidade, para explorar ao máximo todos os pontos turísticos.

Ouro Preto 

Casas estilo barroca de Ouro Preto, cidade de Minas Gerais
As ruas de Ouro Preto são uma verdadeira obra de arte em meio à natureza, com construções barrocas

Quem visita Ouro Preto encontra história a cada esquina. Fundada em 1711, é preciso fôlego para conhecer a cidade, tanto pelas ladeiras íngremes, quanto pelo cenário composto por construções barrocas, um verdadeiro museu a céu aberto! São mais de 20 igrejas com detalhes em ouro, entre elas a Igreja São Francisco de Assis, ligada ao Museu Aleijadinho, de arte sacra. 

Tem ainda o Museu da Inconfidência, o Museu de Ciência e Técnica e a Casa dos Contos. Para admirar ainda mais a natureza e história local, faça o passeio de trem turístico sobre uma ferrovia construída em 1883 até Mariana, cidade vizinha.

Tiradentes

Passeio de charrete em frente à igreja
Entre as maneiras de conhecer a cidade histórica de Tiradentes estão os passeios de charrete!

Tiradentes não pode faltar na lista do que fazer em Minas Gerais, principalmente quando o assunto é cidades históricas. Seu nome é em homenagem ao ativista Joaquim José da Silva Xavier (apelidado de Tiradentes), por sua atuação na Inconfidência Mineira. O ponto turístico principal é a praça Largo das Forras. 

As capelas e igrejas também são destaque, como a Igreja Matriz de Santo Antônio, com show de luzes à noite. Conheça ainda o Museu de Sant’Anna, Museu Casa Padre Toledo e o Museu da Liturgia. Para uma experiência diferente, conheça a cidade em um passeio de charrete.

Quanto tempo ficar? Ouro Preto fica a cerca de 110 km da capital mineira, e é bastante turística. Por isso, para aproveitar tudo com calma, é recomendado ficar por pelo menos 4 dias. Já em Tiradentes, por ser uma cidade pequena, 2 ou 3 dias são tempo suficiente para conhecê-la. 

Poços de Caldas

Passeio de teleférico em Poços de Caldas, em Minas Gerais
Para admirar Poços de Caldas das alturas, o passeio de teleférico até a Serra de São Domingos é perfeito

Um dos destaques do estado é a natureza, que encanta com serras e montanhas, harmoniosamente combinadas a um céu límpido. A Serra da Mantiqueira é uma das mais famosas, presente em diversas cidades do sul do estado, entre elas Poços de Caldas. Conhecida pelas águas termais, a palavra de ordem da região é relaxar, seja no sossego da Praça Pedro Sanches, a central, ou nas massagens e banhos termais do Thermas Antônio Carlos, um ícone da cidade, com arquitetura em estilo neoromano. Para curtir em família, o Parque José Affonso Junqueira é uma das melhores opções.

Capitólio

Vista geral do Lago de Furnas, em Capitólio
Em Capitólio, com 1.440 km² de extensão, o Lago de Furnas é um dos maiores lagos artificiais do mundo

Os ecoturistas também têm vez entre as belezas de Minas Gerais. Localizado ao Sul do estado, na Serra da Canastra, Capitólio oferece uma verdadeira aventura cercada por paisagens de tirar o fôlego. 

Afinal, é na região que está um dos maiores lagos artificiais do mundo, o Lago de Furnas! Ele possui ao todo 1.440 km², e a melhor forma de conhecer cada detalhe é realizar um passeio de lancha, com paradas para mergulhar. Os cânions – que chegam a 20 m de altura! – são o maior destaque no destino.

Quanto tempo ficar? Para conhecer os atrativos de Poços de Caldas, fique ao menos 3 dias na região. Em Capitólio é possível conhecer os principais pontos turísticos em 2 dias, mas o recomendável é reservar cerca de 4 dias ao destino, para explorar as cachoeiras mais reservadas.

Monte Verde

Natureza de Monte Verde, no Sul de Minas Gerais
A natureza de Monte Verde deixa a viagem mais romântica, com araucárias, hortênsias, pinheiros e eucalipto

Minas Gerais também proporciona cenários românticos, como o de Monte Verde. Ele é um dos destinos mais charmosos do estado! O clima friozinho de montanha, presente quase o ano inteiro, atribuiu à cidade o título de “Suíça Mineira”. Visite a Avenida Monte Verde, com restaurantes, bares, galerias e muito mais, e conecte-se com a natureza no Parque Ecológico Verner Grinberg, onde é possível realizar trilhas e apreciar a beleza do local.

Veja 10 cidades imperdíveis na Serra da Mantiqueira

Itapeva

Vista geral de Itapeva, em Minas Gerais
Itapeva é o destino ideal para fugir da rotina e aproveitar o melhor do turismo rural

Itapeva é mais um destino recomendados para uma viagem a dois. Reconhecida pelo turismo rural, é indicada para fugir da rotina agitada e embarcar em dias intimistas. Mas se a ideia for aproveitar pequenas aventuras ao lado da pessoa amada, conheça a Pedra Chata, a 1.300 m de altitude, cartão-postal da cidade. E a adrenalina toma conta do Pico do Lobo Guará, com saltos de parapente e paraglider.

Quanto tempo ficar? Por serem cidades pequenas, não é preciso muito tempo para conhecer os pontos turísticos de Monte Verde e Itapeva. Para curtir o sossego e relaxar por completo, reserve entre 2 e 3 dias para cada um dos destinos. 

Saiba o que fazer no Sul de Minas Gerais 

Dica de quem foi

Juliana Farano e o filho na Fazenda Vale da Mantiqueira
Em uma das viagens para Minas Gerais, Juliana se hospedou com a família na Fazenda Vale da Mantiqueira

“Eu amo Minas Gerais! As comidas, as paisagens, o povo simpático, o sotaque. Em Belo Horizonte, recomendo almoçar um mexidão no Mercado Central, é uma delícia! No fim de semana, curtir o pôr do sol na Praça do Papa é uma ótima pedida. A partir da capital, também é possível visitar São Sebastião das Águas Claras, popularmente conhecido como Macacos. O vilarejo é um charme e tem várias opções para curtir a natureza. Para quem gosta de arte, a dica é esticar até Brumadinho e conhecer Inhotim”. 

“Mais perto de São Paulo, tem a região da serra da Mantiqueira, que é linda! Estive com minha família na Fazenda Vale da Mantiqueira e foi uma delícia. O hotel é lindo, super confortável, e as crianças amam!”.

– Juliana Farano, Coordenadora de Conteúdo do Zarpo

Onde se hospedar

Vale Suíço Resort

Vista geral Vale Suíço Resort
O Vale Suíço Resort é perfeito para curtir em família, principalmente dentro d’água, com lago e parque aquático

Com vista para a Serra da Mantiqueira, em Itapeva, o Vale Suíço Resort, diverte a família inteira. O lazer começa no Parque Aquático du Soleil, que possui seis piscinas climatizadas, toboáguas e mais. As crianças aproveitam ainda mais no Mundo Kids! São 7 mil m² com brinquedoteca, casa da árvore, minizoológico, etc. Enquanto isso, os adultos curtem três bares, quadras esportivas, salão de jogos, saunas, hidromassagem, academia e, mediante custo extra, SPA. Quanto à gastronomia, pensão completa inclusa na tarifa!

Vilage Inn Poços de Caldas

Área da piscina do Vilage Inn Poços de Caldas
A diversão no Vilage Inn Poços de Caldas é ilimitada! O complexo aquático, por exemplo, possui seis piscinas

O Vilage Inn Poços de Caldas é o All-Inclusive ideal para curtir o Sul de Minas Gerais. As refeições são servidas no restaurante de especialidades mineiras, enquanto os drinks e petiscos ficam ao dispor no bar da piscina. Para os momentos de lazer, o hotel oferece seis piscinas – uma delas com toboágua -, recreação monitorada, salão de jogos, brinquedoteca e mais. Além disso, hóspedes possuem cortesias para o parque de diversão Walter World! Na hora de relaxar, há ainda espaço fitness e sauna úmida.

Thermas Walter World

Vista geral do Thermas Walter World, em Minas Gerais
No Thermas Walter World, a estadia é junto ao maior parque de diversões do Sul de Minas Gerais

A hospedagem no Thermas Walter World é dentro de um parque de diversão! Situado no mesmo complexo do Parque Walter World, hóspedes possuem acesso ilimitado a todas as atrações, como montanha-russa, roda-gigante, etc. As possibilidades de entretenimento do resort também são surpreendentes, com sete piscinas, salão de jogos, quadras esportivas e mais. O bem-estar fica por conta de ofurôs, duas jacuzzis e duas saunas. E para curtir tudo ao máximo, o All-Inclusive conta com restaurante e dois bares. 

Fazenda Vale da Mantiqueira

Vista geral da Fazenda Vale da Mantiqueira
A Fazenda Vale da Mantiqueira possui diversas atividades em meio à natureza, como trilhas ecológicas

A 900 m de altitude, a Fazenda Vale da Mantiqueira oferece contato constante com a natureza. Os dias são repletos de deleite, com pensão completa inclusa na tarifa. O Restaurante Dom Quixote cuida das refeições principais, e três bares ficam responsáveis pelas bebidas e quitutes. Paladar agraciado, hora da diversão! Tem complexo aquático, campinho de futebol e quadras esportivas, recreação, lago com atividades aquáticas, salão de jogos, trilhas ecológicas, cachoeira com piscina natural, música ao vivo e mais. 

Tauá Resort Caeté

Área da piscina do Tauá Resort Caeté
Com 45 mil m², o Tauá Resort Caeté oferece entretenimento para todas idades, com piscinas, kids’ club e mais

A 50 km de Belo Horizonte, o Tauá Resort Caeté recepciona os hóspedes com 45 mil m² de puro entretenimento. Todas as idades curtem cinco piscinas, cinema, salão de jogos, arco e flecha e boliche. Especialmente para os pequenos, há kids’ club Papagaio Falamansa, Sítio do Pepito, com casa da árvore e playground, fazendinha e Jota City, repleto de áreas temáticas. Quando o assunto é gastronomia, o paladar é saciado com os sabores da culinária mineira servidos na pensão completa inclusa na tarifa. 


Viagem histórica, romântica ou em meio à natureza? Minas Gerais tem o que você procura! Aproveite as tarifas do Zarpo e redescubra um dos estados mais diversos do Sudeste.

Hellen Cerqueira

Em busca de aventuras, suas viagens são para conhecer novas culturas e experimentar comidas típicas e bebidas artesanais. Na dúvida, as praias são sempre sua escolha preferida!

Escreva um comentário