Montevidéu, a capital do Uruguai, é tão agradável que dá para perder (ou seria ganhar?) dias e dias pelas suas ruas, andando sem pressa, curtindo o cotidiano desacelerado e o pôr do sol nas ramblas. Viajantes do mundo todo visitam a cidade, mas os brasileiros acabam levando vantagem. Pela proximidade, conseguimos aproveitar um feriado prolongado e escapar para as terras vizinhas. E é perfeitamente possível conhecer e se apaixonar por Montevidéu em apenas 3 dias!

Um verdadeiro baú de histórias, a cidade que nasceu com o intuito de ser uma fortaleza militar no século XVIII, mantém suas origens nos preservados casarões da Ciudad Vieja, em prédios e palacetes, na Plaza da Independencia e no Mercado del Puerto. Limpeza nas ruas, forte investimento no bem-estar social, árvores por toda a parte, o cremoso dulce de leche, a educação do povo uruguaio e a atmosfera tranquila fazem da charmosa cidade um destino surpreendente em cada detalhe.

Confira no Mag um roteiro de 3 dias em Montevidéu com as melhores atrações da capital uruguaia!

Uruguai

1º dia: Explore a Ciudad Vieja por diversos ângulos

Ciudad Vieja - Montevidéu
É na Plaza Independencia que está a Puerta de la Ciudadela, onde começa a Ciudad Vieja

Caminhar pela Ciudad Vieja, o bairro mais antigo de Montevidéu, é uma verdadeira viagem no tempo, além de ser um passeio muito agradável e opção perfeita para desfrutar o primeiro dia na cidade. O que há algumas décadas estava em completo estado de abandono, atualmente está totalmente restaurado e conservado, sendo parada turística obrigatória e abrigo de pontos icônicos da história uruguaia.

O roteiro de 3 dias em Montevidéu começa na Plaza Independencia, situada no limite entre a Ciudad Vieja e o Centro Novo. No passado, Montevidéu era cercada por uma muralha a fim de proteger o território de invasões inglesas e portuguesas. Essa região, que ocupava mais da metade da Plaza Independencia, era conhecida como Ciudadela e atualmente corresponde a Ciudad Vieja. Da muralha nada restou, a não ser a Puerta de la Ciudadela, portal que hoje é um dos principais cartões-postais da cidade.

Interessou? Hospede-se no Radisson Montevideo. Bem localizado, está em frente à Plaza Independencia e a cerca de 280 m do Teatro Solís, uma ótima base para 3 dias em Montevidéu. O hotel dispõe de café da manhã incluso na tarifa servido em um dos dois restaurantes, bar, piscina semiolímpica, espaço kids, cassino, fitness center e até SPA.

Plaza Independencia - Montevidéu
A Plaza Independencia abriga os pontos turísticos mais famosos do Uruguai, como o Mausoléu General Artigas

É na Plaza Independencia que está também a estátua em homenagem a José Gervasio Artigas, um general considerado herói nacional por lutar pela independência uruguaia, e o Mausoléu General Artigas, um monumento funerário subterrâneo que abriga os restos mortais de Artigas.

Ao redor da praça, está o Palácio Salvo, desenhado pelo arquiteto italiano Mario Palanti e considerado o mais alto edifício da América do Sul por anos, o Teatro Solís, símbolo arquitetônico de todo o país e onde é possível fazer visitas guiadas (confira os horários e preços no site oficial), e o Palácio Estevéz, antiga sede governamental que atualmente funciona como um museu dedicado à democracia uruguaia.

Interessou? Hospede-se no Esplendor Wyndham Cervantes. Localizado no Barrio de Las Artes, a cerca de 350 m da Plaza Independencia, este luxuoso hotel conta com café da manhã incluso na tarifa, piscina coberta, academia, sauna e recepção 24h. Com custo à parte, dispõe de aluguel de bicicleta e massagens e tratamentos de beleza.

Catedral Metropolitana de Montevidéu
Inspirada no estilo neoclássico espanhol, a Catedral Metropolitana de Montevidéu é um tempo católico uruguaio

Seguindo pela Ciudad Vieja, outro ponto indispensável do roteiro de 3 dias na cidade é a Catedral Metropolitana de Montevidéu. Inaugurada em 1804, está diante da Plaza de la Constitución, é aberta ao público e tem visitação gratuita. Além de ter sido cenário de momentos históricos como a benção da bandeira uruguaia e o juramento da constituição do país, a catedral realiza missas, batizados e casamentos, e ainda abriga restos mortais de personalidades eclesiásticas e militares como Fructuoso Rivera, Juan Antonio Lavalleja e Venancio Flores.

Todos esses pontos podem ser visitados em um dia e ficam ainda mais interessantes quando guiados por empresas que fazem walking tour, como o Curioso Free Tour. Guias nativos realizam caminhadas para a Ciudad Vieja e explicam detalhadamente cada ponto citado acima. O tour, uma ótima pedida para quem vai passar 3 dias em Montevidéu, tem como ponto de encontro a Plaza Independencia e acontece de segunda a sábado. O passeio dura cerca de 2h e 30 minutos e pode ser realizado por guias que falam espanhol ou inglês.

Intendencia de Montevideo
A vista a partir do 22º andar da prefeitura é uma das mais bonitas da cidade | Carolina Bonaba/ CC BY-SA

Por fim, o passeio pela Ciudad Vieja e arredores pode terminar na Avenida 18 de Julio, uma das principais da capital do Uruguai. É nesta avenida que está a Intendencia de Montevideo, a prefeitura da cidade. No 22° andar do edifício há um mirante com acesso gratuito, de onde é possível ver toda a cidade. O visual é incrível e pode ser apreciado de segunda a domingo, das 10h às 16h. Para comprar lembrancinhas artesanais, vá até o Mercado de los Artesanos, a cerca de 650 m da Intendencia.

2º dia: Saboreie o famoso churrasco uruguaio no Mercado del Puerto

Gastronomia - Montevidéu
Provar o típico churrasco uruguaio é algo indispensável durante a viagem à Montevidéu | Imagem ilustrativa

Não tem como passar 3 dias em Montevidéu sem experimentar o churrasco típico do país. Conhecido como asado, o churrasco uruguaio faz jus à fama que tem mundo afora. Algumas diferenças são evidentes em relação às churrasqueiras do Brasil, desde o modo de preparo até o modo de servir. Primeiro que não há serviço de rodízio e os acompanhamentos são simples, como saladas, arroz, batata frita ou batata doce. As carnes não são furadas no espeto e as peças são postas inteiramente nas grelhas, as chamadas parrillas. No entanto, a maior características é o sistema de preparo. Para evitar alteração no sabor da carne e dar um gostinho todo especial, o carvão ou madeira usados para assar são queimados separadamente e o fogo é mantido apenas com a brasa.

Mercado del Puerto - Montevidéu
Almoce no Mercado del Puerto! O lugar é um dos melhores para saborear as carnes uruguaias

O Mercado del Puerto, na Rambla 25 de Agosto, é um dos lugares mais indicados para experimentar o sabor das carnes uruguaias. Nele, diversos restaurantes conquistam os clientes pelo cardápio e por servir gratuitamente uma amostra do vinho que pode acompanhar a refeição. Após almoçar em um dos pontos icônicos de Montevidéu, os visitantes podem estender o passeio pelas redondezas.

A Librería Más Puro Verso, localizada na avenida 18 de Julio, a pouco menos de 2 km do Mercado del Puerto é o verdadeiro paraíso para os amantes de livros. Projetada pelo arquiteto italiano Leopoldo Tosi ao melhor estilo art nouveau, ela ocupa o térreo e o primeiro andar do Edifício Pablo Ferrando, construído em 1917 e tombado como Patrimônio Histórico. Conta ainda com café, restaurante e lanchonete.

Feira de Tristán Narvaja - Montevidéu
Já para quem não dispensa compras e lembracinhas, a Feira de Tristán Narvaja é ideal | Jorge Gobbi/Flickr CC-BY

Outra opção é conhecer a Feira de Tristán Narvaja, a 4 km do Mercado del Puerto. A clássica feira de rua acontece todos os domingos em Montevidéu a mais de cem anos, do começo da manhã até o meio da tarde. Devido ao seu crescimento, não ocupa mais só a esquina da rua Tristán Narvaja, mas sim diversas ruas ao redor. Lá é possível encontrar de tudo um pouco, desde antiguidades e roupas usadas, até peças novas, plantas, verduras, artesanato, discos e livros.

3º dia: Aproveite Montevidéu ao ar livre

Montevidéu ao ar livre
Aproveitar Montevidéu como os nativos significa reservar uma parte do dia para desfrutar das ramblas

Uma das melhores maneiras de aproveitar o último dos 3 dias em Montevidéu é, de fato, incorporar o ritmo de vida tranquilo e desacelerado dos nativos. Os uruguaios levam a rotina com serenidade e reservam, pelo menos, uma hora do dia para curtir as ramblas, sempre acompanhados de um bom mate. Ramblas são as avenidas litorâneas que percorrem toda a cidade. Geralmente, seu nome muda de acordo com o bairro onde está localizada. Passear por essas vias é um dos passeios mais agradáveis para se fazer durante a viagem.

Ramblas - Montevidéu
Entre as praias mais famosas da cidade estão Los Pocitos, del Buceo, Malvin e Ramírez

Independente da localização que o turista estiver, alguns pontos devem fazer parte do roteiro, por exemplo a Playa de los Pocitos. Localizada no bairro homônimo, um dos melhores da cidade, a praia tem atmosfera jovem, bons restaurantes e abriga o conhecido letreiro que leva o nome da capital. As próximas paradas devem incluir a Playa del Buceo, Playa Malvin e Playa Ramírez, esta situada em frente ao famoso Parque Rodó.

Parque Rodó - Montevidéu
Localizado em frente à Playa Ramírez, o Parque Rodó é ótimo para curtir ao ar livre | Vince Alongi/Flickr CC-BY

O Parque Rodó, um dos mais conhecidos da cidade, é uma homenagem ao escritor uruguaio José Henrique Rodó. Localizado no bairro de mesmo nome, está em frente à Playa Ramírez, ao lado do edifício sede do Mercosul e a pouco mais de 1 km Punta Carretas, onde está o sofisticado Punta Carretas Shopping. Diferente dos parques brasileiros, é totalmente aberto e algumas ruas se cruzam em seu interior.

Dividido em duas partes, uma para adultos e outra para crianças, o parque é arborizado e traduz toda calmaria dos uruguaios, com crianças brincando, amigos em roda conversando e tomando mate, grupo de pessoas praticando algum tipo de exercício ou apenas curtindo o sol ao ar livre. O Parque Rodó conta ainda com lago para pedalinho, um pequeno castelo que funciona como biblioteca infantil, Museu de Artes Visuais, Casino Municipal e uma feirinha de artesanato que acontece todos os domingos, além de um parque de diversões com brinquedos típicos dos anos 90.

Para curtir a noite, uma excelente opção é o Bar Lola, na rua Maldonado, a 1 km do Parque Rodó. Bem decorado, agradável e com um toque alternativo, o local conta com um bar e uma pista de dança no subsolo, e serve porções, lanches, drinks e cerveja.

Tem mais dias? Vá além de Montevidéu! Piriápolis, Punta Ballena e Punta del Este são três ótimas opções para esticar a viagem. Os balneários ficam, respectivamente, a cerca de 100 km, 120 km, e 130 km da capital do Uruguai. Dá para ir com carro alugado ou então fechar algum pacote em uma agência local. Vale a visita especialmente durante o verão!


Montevidéu é demais! Já está convencido a zarpar para a cidade? Então dê uma olhada na seleção de hotéis do Zarpo no Uruguai. E, caso já conheça o país, deixe seu comentário abaixo com mais dicas!

Autor

Amante do ecoturismo, a natureza é sempre seu destino preferido! Viaja para recarregar as energias, conhecer pessoas, trocar experiências e voltar para casa com um pouquinho de cada lugar dentro de si.

2 Comentários

Escreva um comentário