Zarpo Magazine

O que é que a Bahia tem? Além da identidade cultural autêntica e de praias lindíssimas que estampam cartões-postais incríveis do Brasil, uma capital repleta de charme, com um lugar mais interessante do que o outro para se encantar.

É claro que lá as paisagens marcadas pelo mar são das mais bonitas, mas isso está longe de ser a única coisa bacana: tendo praias famosas ou não, há bairros em Salvador que valem – e muito – o passeio. 

Para sua próxima viagem à capital baiana, não deixe de conferir nossa seleção de bairros em Salvador que merecem ser parte do roteiro. Listamos 10 deles! Bora conhecê-los?

Home - Slider 1

Conheça os encantos da Barra!

Farol da Barra, em Salvador, Bahia
A Barra é um dos bairros mais charmosos da capital baiana e conta com cartões-postais icônicos

Não poderíamos deixar de abrir a nossa lista de bairros em Salvador com um dos lugares mais charmosos e queridos da cidade: a Barra. Suas paisagens são um verdadeiro ícone e não faltam atrações para curtir o dia todo. É lá que estão pontos famosos como o Farol da Barra e o Forte de Santa Maria, além de praias irresistíveis como a Praia do Porto da Barra, dona de águas calmas e de um pôr do sol imperdível, e a vizinha Praia do Farol da Barra.

Gastronomia e vida noturna

Calçadão do Porto da Barra, em Salvador, Bahia
No calçadão, vale a pena aproveitar a vista do mar caminhando ou andando de bike

Há um calçadão que percorre toda a extensão das praias, onde pessoas caminham apreciando a vista do mar, andam de bike, patins ou skate. Ao redor dele, diversas opções de restaurantes, barzinhos e sorveterias fazem sucesso, provando que a gastronomia por lá também não desaponta e a vida noturna pode ser bem divertida.

Atrações históricas e culturais

Vista do Forte de São Diogo na Barra, Salvador, Bahia
Do Forte de São Diogo tem-se vistas panorâmicas da praia e também do Forte de Santa Maria

A Barra ainda guarda atrações como o Museu Náutico, localizado no Farol da Barra, o Espaço Pierre Verger, que fica no Forte de Santa Maria e exibe registros fotográficos da cidade, o Forte de São Diogo com o Espaço Carybé dedicado às artes plásticas, e a Igreja de Santo Antônio da Barra.

Na Avenida Sete de Setembro, a cerca de 2 km da Praia do Porto da Barra, o Hotel Bahia do Sol é uma opção de hospedagem perfeita para quem quer curtir um dos bairros preferidos de Salvador com comodidade e conforto. Confira!

Rio Vermelho – Vale a pena visitar!

Praia do Rio Vermelho em Salvador, Bahia
Além das belas praias, o Rio Vermelho é conhecido por ser um dos bairros mais boêmios de Salvador

O lugar mais boêmio da cidade não ficaria fora da nossa lista de bairros em Salvador! O Rio Vermelho é ideal para aproveitar o estilo vibrante da cidade. Lá você encontra um mix de cultura, gastronomia e badalação, com restaurantes de vários tipos, barzinhos ao ar livre para curtir a qualquer hora – muitos deles com música ao vivo – e, claro, belas paisagens praianas, como as da Praia do Buracão, da Praia do Rio Vermelho e da Praia da Paciência.

Passeios gastronômicos diversos

Para mergulhar na verdadeira cozinha local, vale apostar em um tour gastronômico no Largo da Mariquita, onde se concentram algumas das melhores opções de restaurantes e bares da região, além de barraquinhas com comidinhas típicas, incluindo o famoso Acarajé da Cira. A autenticidade dos sabores baianos também está presente no Mercado do Rio Vermelho e na Vila Caramuru, conhecida também como o antigo Mercado do Peixe.

Atrações históricas e culturais

No Rio Vermelho dá ainda para visitar atrações culturais e históricas superbacanas. É o caso da Paróquia de Sant’Ana, que compõe a lista de patrimônios históricos da Bahia, e da Casa do Rio Vermelho, antiga residência do escritor Jorge Amado e da sua esposa Zélia Gattai, transformada em um museu onde os visitantes se aprofundam mais na história e nas inspirações do autor.

O melhor de Ondina

Praia de Ondia em Salvador, Bahia
Ondina é famosa pelo circuito que acontece no Carnaval e ainda tem uma das praias favoritas da capital

Provavelmente você já deve ter ouvido falar bastante sobre Ondina na época do Carnaval. Isso porque, no Circuito Barra-Ondina, os trios elétricos partem do Farol da Barra com um trajeto que leva até a Praia de Ondina e acaba terminando por lá. Bairro nobre da capital Salvador, Ondina tem um comércio bastante movimentado e uma das praias favoritas do destino.

Praia de Ondina

Praia de Ondia em Salvador, Bahia
A Praia de Ondina é de ondas agitadas, mas também tem piscinas naturais em determinados pontos

Embora pequena, a Praia de Ondina não deixa nada a desejar no quesito beleza natural. Ela é conhecida pelo mar de ondas agitadas que, por incrível que pareça, acaba formando na maré baixa piscinas naturais de águas bem verdinhas margeadas por uma faixa de areia dourada não muito extensa. Várias pedrinhas ajudam a compor o visual do lugar, que também conta com barracas e quiosques espalhados nos arredores.

Conheça outras atrações

É em Ondina também que está o Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, conhecido como Zoológico de Salvador e ótima opção de passeio para estreitar o contato com outro tipo de natureza além das praias, já que ele ocupa uma área de 700 mil m², sendo 250 mil só de vegetação. Outra dica para quem ama tirar foto é ir até a Avenida Adhemar de Barros para conferir As Meninas do Brasil, três esculturas que ganharam notoriedade nacional e foram carinhosamente apelidadas de “As Gordinhas de Ondina”.

Pelourinho – Centro histórico

Pelourinho – Bahia
O Centro Histórico de Salvador, conhecido também como Pelourinho, é cartão-postal emblemático

E como em toda boa capital, um passeio pelo Centro Histórico é parada obrigatória na lista de lugares para visitar. É claro que em Salvador não seria diferente, ainda mais por seu centro estampar alguns dos cartões-postais mais amados da Bahia – ou, quem sabe, de todo o Nordeste. São casarões coloniais coloridos e ladeiras de paralelepípedos que dão um charme incomparável à região do Pelourinho, carinhosamente apelidada de Pelô.

Igrejas e museus

Igreja de São Francisco no Pelourinho, Salvador, Bahia
A Igreja de São Francisco está no Pelourinho e rouba a cena graças à sua decoração repleta de ouro

No Pelourinho espalham-se inúmeros museus, lojas e igrejas, com destaque para a Igreja de São Francisco, decorada com muito ouro, e para a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, onde acontecem missas que incorporam atabaques e outros elementos de matriz africana. Os museus no Pelourinho são muitos e também merecem a devida atenção. Vale conferir a Fundação Casa de Jorge Amado, o Museu da Gastronomia Baiana e dezenas de outros.

Leia também o nosso post sobre dez pontos turísticos imperdíveis na Bahia

Vida noturna, gastronomia e cultura

Banda Olodum no Pelourinho, Salvador, Bahia
O Pelourinho também costuma ser palco de diversas performances artísticas, como da Banda Olodum

A variedade gastronômica no Pelourinho também é inquestionável. São tantos restaurantes e barzinhos que fica impossível conhecer tudo num dia só. Tanta diversidade acaba fazendo sua vida noturna também animada, com uma série de espaços ao ar livre, música ao vivo e performances culturais para curtir em qualquer hora do dia. É comum passear pelas suas ladeiras e se deparar, por exemplo, com rodas de capoeiras ou apresentações de grupos de percussão, como o Olodum e a Banda Didá, ambas com sede no próprio Pelourinho.

A menos de 1 km do Pelourinho, o Fasano Salvador é daquelas hospedagens completas, que garantem dias repletos de sofisticação e ainda está próximo de alguns dos principais pontos da cidade, como o Elevador Lacerda. Também vale apostar em uma hospedagem no Fera Palace Hotel, localizado ao lado do Pelourinho e com vistas privilegiadas do que há de mais bonito em Salvador.

Você conhece Itapuã?

Farol de Itapuã em Salvador, Bahia
O Farol de Itapuã é um dos principais marcos nessa parte do destino que tanto encanta

As belezas de Itapuã são incontestáveis. Tanto é que foram imortalizadas nos versos de famosas canções, uma delas – e talvez a mais conhecida – criada por Toquinho e Vinicius de Moraes, que viveu lá nos anos 70 e se sentia completamente inspirado ao “passar uma tarde em Itapuã, ouvindo o mar de Itapuã”. Não à toa. Musa de diversos outros artistas, Itapuã faz jus à sua posição, com uma praia realmente encantadora e o seu farol de listras brancas e vermelhas tão conhecido das fotografias.

Aproveite para conferir uma lista de outras belas praias da Bahia

Passeios pela orla e praça

Ao longo da praia, há opções de barracas que oferecem muito da culinária tradicional da Bahia, incluindo uma unidade do Acarajé da Cira, aquele que já citamos como um dos mais queridinhos da capital. Na orla, a dica é andar de bicicleta pela ciclofaixa, que beira toda a extensão da praia e é emoldurada por coqueiros. Dá ainda para apreciar vistas do mirante e conferir a estátua do cantor Dorival Caymmi. A 20 minutos andando dali, também vale conhecer a escultura do poeta Vinicius de Moraes instalada na praça homônima.

A famosa Lagoa do Abaeté

Pertinho da praia, a cerca de 10 minutos de carro, está a Lagoa do Abaeté, situada no Parque Lagoas e Dunas do Abaeté, uma área de proteção ambiental. A lagoa também inspirou músicos e poetas e acabou virando tema de diversas composições artísticas graças às suas dunas de areias branquinhas. Uma extensa área verde cerca suas águas doces e escuras, conferindo um belo contraste ao visual deste cartão-postal.

Para curtir Itapuã ao máximo, nada melhor do que uma hospedagem bem próxima aos seus principais atrativos. É o caso do Casa di Vina Boutique Hotel, que está a 400 m do Farol de Itapuã e de frente para a principal praia do destino.

O encantador bairro do Bonfim

Igreja Nosso Senhor do Bonfim, Salvador
A Igreja Nosso Senhor do Bonfim é um das atrações históricas mais visitadas em Salvador

O bairro do Bonfim atrai turistas do mundo inteiro principalmente por uma razão: é lá que está localizada a Igreja Nosso Senhor do Bonfim, uma das mais frequentadas em toda a capital da Bahia. Construída entre a metade e o final do século XVIII, a basílica está super bem preservada e é um ponto turístico indispensável no roteiro de quem viaja a Salvador.

Fitinhas do Bonfim

Fitinhas do Bonfim na Igreja Nosso Senhor do Bonfim, em Salvador
As fitinhas do Bonfim enfeitam a entrada da igreja e deixam os ares repletos de alegria

Sabe aquele hábito de amarrar fitinhas coloridas no pulso e fazer um pedido a cada nó dado? Dizem que foi aqui que ele nasceu. Até hoje, fiéis e devotos do santo costumam pendurar nos portões da igreja ou na sua porta de entrada dezenas de fitinhas que, além de representarem a fé, são capazes de deixar a atmosfera do lugar repleta de alegria.

Bonfim e suas tradições

Uma boa data para visitar o Bonfim é no mês de janeiro, quando acontece a Lavagem do Bonfim, uma festa em que ocorre o ritual de lavar as escadas da igreja para celebrar uma tradição realizada há mais de 200 anos e reúne milhares de fiéis e turistas. Além do ritual, cortejos, danças e comidas típicas também marcam a comemoração realizada anualmente.

Clique aqui e descubra outras festas tradicionais que acontecem ao redor do Brasil

O que há de mais legal em Ribeira

Algumas das melhores sorveterias de Salvador estão localizadas na Ribeira, incluindo a Sorveteria da Ribeira, que, a princípio, abriu em 1931 como pizzaria, mas acabou virando sorveteria porque os sorvetes fabricados pelo dono italiano começaram a fazer muito mais sucesso do que as pizzas. São 60 opções de sabores que podem ser apreciados com vistas do mar, já que o local está situado em frente à praia.

Atrações culturais

Mas não é só isso que o bairro oferece. Ele tem uma vida boêmia supervibrante, com diversos bares nas redondezas. Ribeira também é palco de shows, festivais e atrações culturais incríveis, a exemplo do Mercado Iaô, um centro de artes idealizado pela cantora Margareth Menezes e onde acontecem diversas expressões artísticas e até gastronômicas.

Praia da Ribeira

A Praia da Ribeira também não passa batido, muito pelo contrário. O lugar é tão calmo que não é difícil observar os moradores e turistas colocarem as cadeiras dentro do mar para curtir a praia com os pés na água. E, claro, não é só isso. O bairro é muito conhecido por receber competições de esportes náuticos, como canoagem e remo. À distância, é possível enxergar vários barquinhos pontilhando o horizonte, já que esse é um dos lugares preferidos dos velejadores.

A inspiradora Boa Viagem

Com arquitetura branca e vistas belíssimas, o Forte de Monte Serrat é um dos cartões-postais do bairro

O bairro de Boa Viagem honra facilmente o nome. Quem não o visita perde a oportunidade de conhecer um incrível lugar em Salvador. Lá a Praia de Boa Viagem rouba a cena com suas águas calmas propícias para esportes aquáticos e com o Forte de Monte Serrat ao fundo, que ajuda a compor o visual com sua arquitetura branca que já chama atenção da outra ponta da praia.

Praias em Boa Viagem

A Praia de Boa Viagem também foi escolhida como ponto de chegada da Procissão Marítima do Bom Jesus dos Navegantes, que ocorre todo primeiro dia do ano. Colada a ela, a Praia do Meio garante vista privilegiada da costa e é ainda um convite e tanto para a prática de atividades náuticas tranquilas graças ao mar praticamente sem ondas.

Atrações históricas

Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat e o Farol da Ponta do Humaitá, bairro Boa Viagem, em Salvador
A Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat e o Farol da Ponta do Humaitá também valem a visita

Embora tenha uma das arquiteturas militares mais primorosas da época colonial, o Forte de Monte Serrat não é apenas uma peça no visual de Boa Viagem. Na verdade, ele também abriga o Museu das Armas, que tem um acervo de armas antigas. Sem falar que, por estar localizado no Monte Serrat, já garante um panorama indescritível. Quem também ama arquitetura precisa visitar a Igreja de Boa Viagem, Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat e o Farol da Ponta do Humaitá.

As belezas únicas da Ilha dos Frades

Igreja Nossa Senhora do Loreto, Ilha dos Frades, Salvador
A Ilha dos Frades tem cartões-postais indispensáveis e a Igreja Nossa Senhora do Loreto é um deles

Embora esteja em Salvador, a Ilha dos Frades é acessada em um trajeto pelo mar, que pode ser feito a bordo de um catamarã em passeios contratados por agências locais. E vale a pena! Se estendendo por cerca de 8 km, a Ilha dos Frades virou um bairro oficialmente no ano de 2017. Ela está no centro da Baía de Todos os Santos e é abraçada pelas belezas verdes da Mata Atlântica, ainda que o mar seja o seu verdadeiro cartão-postal.

Conheça suas praias

Praia da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, Ilha dos Frades, Salvador
A Praia da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe é um dos lugares na ilha que merecem a visita

As águas claras e calmas da ilha garantem vistas paradisíacas, prática de esportes aquáticos e relax com o ritmo lento das ondas. As praias mais bacanas para visitar por lá são a Praia do Loreto, onde está a famosa Igreja Nossa Senhora do Loreto, a Praia de Paranamá, onde normalmente chegam as embarcações e de onde também elas costumam partir, e a Praia da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe.

Conheça mais praias incríveis para curtir as paisagens do Nordeste

Trilhas e mirantes

Vista do alto, Ilha dos Frades, Salvador
Diversas trilhas levam a mirantes com vistas incríveis das belezas da Ilha dos Frades

Os apaixonados por trilhas também não ficam sem diversão. Ao longo de sua extensão, são dezenas de opções de trilhas ecológicas em meio às belezas da mata nativa ao redor, que só podem ser percorridas na companhia de guias autorizados. Para quem quer uma perspectiva do alto, uma boa pedida é visitar um dos mirantes mais famosos da ilha, localizado na Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe.

Vale a pena conhecer o Cabula

Um bairro que tem sempre crescido e atraído cada vez mais olhares dos turistas e dos próprios soteropolitanos. Na zona central da cidade, o Cabula vem se destacando nos últimos anos principalmente pela variedade gastronômica. Ali se encontram todos os tipos de culinária, de restaurantes renomados às pastelarias que fazem muito sucesso na região, como o aclamado Restaurante Paraíso Tropical comandado pelo chef Beto Pimentel. Isso acabou fazendo do bairro um dos mais badalados e interessantes da capital baiana.

Valor histórico e identidade cultural

Cabula também é considerado ideal para estreitar o laço com a cultura. O bairro preserva raízes importantes de religiões de matriz africana em terreiros que se mantêm funcionando desde o século XIX. A antiga história do bairro pode ser conhecida no Museu Virtual Quilombo do Cabula que, online e com imagens 3D, é dedicado à região que antigamente foi habitada por escravizados foragidos e libertos.

Belezas naturais e vistas paradisíacas

Mais do que isso, o Cabula tem natureza verde: a Mata do Cascão fica nos fundos do 19º Batalhão de Caçadores do Exército e, além de ser aberta para trilhas, guarda tesouros como a nascente do Rio Cascão e a primeira represa que abasteceu Salvador. A mata abriga uma diversidade riquíssima de flora e fauna local e é uma ótima opção de passeio para quem busca outras opções de natureza além das praias.


Gostou das nossas indicações para aproveitar os melhores bairros em Salvador, na Bahia? Então aproveite para reservar no Zarpo a hospedagem que mais combina com a sua viagem!

Bruna Rio Branco

Amante das artes, adora viajar para lugares que inspirem criações artísticas e que tenham a cultura vibrante. Destinos de natureza também estão na sua listinha de favoritos.

Escreva um comentário