Formadas por água do mar, rio ou cachoeira, as piscinas naturais são verdadeiras maravilhas da natureza. Além de proporcionar visuais incríveis, são ótimas alternativas para se refrescar no calor e relaxar corpo e alma. O Nordeste brasileiro é o que vem na mente quando se fala do assunto, mas a boa notícia é que há muitas opções de piscinas naturais perto de São Paulo

Pensando nisso, o Zarpo Magazine fez uma lista com cinco delas, ideais para um merecido descanso. Confira!

Itaguaré: piscina natural em Bertioga, perto de São Paulo

Itaguaré - Piscina natural
Em Bertioga, o encontro do Rio Itaguaré com o mar se define pelo sossego | Monalisa Duarte dos Reis/CC BY-SA

Vizinha da famosa Riviera de São Lourenço, Itaguaré é um destino ainda pouco explorado de Bertioga, cidade litorânea a cerca de 115 km da capital. Verdadeiro reduto de paz e calmaria, a praia é dona de águas cristalinas e atrai os surfistas da região. As águas do mar, quando se encontram com as do rio de mesmo nome, Itaguaré, formam belíssimas piscinas naturais, perfeitas para relaxar.

Tanto sossego implica na falta de comércio na areia. Então, para quem for passar o dia no local, é necessário levar lanchinhos e bebidas. Para chegar lá partindo da Praia de Riviera de São Lourenço, basta caminhar até o final da praia e, na última rua, pegar uma trilha fácil de aproximadamente 15 minutos até Itaguaré. O local tem acesso também pela rodovia Rio-Santos, na ponte do rio Itaguaré, por uma pequena estrada de terra.

Interessou? Hospede-se no Salvetti Praia Hotel. Localizado em Boracéia, o hotel fica a apenas 30 minutos de carro do destino. Na alta temporada, a estadia ainda oferece recreação monitorada para crianças a partir de 4 anos.

Leia também no Mag sobre 10 destinos paradisíacos para conhecer no Brasil

Paquetá: a cachoeira mais famosa de Ilhabela

Cachoeira do Paquetá - Ilhabella
Paquetá é a cachoeira mais famosa de Ilhabela e não é para menos! A efeito de borda infinita é indescritível

A Cachoeira do Paquetá dispensa comentários e não à toa é a mais famosa de Ilhabela. Perto de São Paulo, a aproximadamente 200 km da capital, a queda d’água forma piscinas naturais deliciosas, entre elas, a mais procurada pelos turistas, que parece possuir borda infinita. A vista a partir do local é simplesmente linda e rende boas fotos.

Localizada no bairro do Bexiga, o acesso é feito por uma trilha que começa no final da Rua José Batista dos Santos, onde há estacionamento. Bem sinalizada no início e com o resto do caminho bem demarcado, é quase impossível de se perder pelo trajeto.

Interessou? Hospede-se na Pousada Casa de Pedra. Ela fica situada a cerca de 8 km do acesso à cachoeira. Acolhedora e de excelente atendimento, oferece café da manhã incluso na tarifa com produtos feitos na própria pousada.

Conheça também cinco praias do Litoral Norte que valem a visita!

Praia do Cachadaço: a pérola de Trindade

A praia é o ponto de partida para conhecer as piscinas naturais do Cachadaço, em Trindade

Selvagem e quase deserta, a Praia do Cachadaço é uma das favoritas dos turistas que visitam Trindade, em Paraty, a cerca de 290 km de São Paulo. Motivos? Sua piscina natural! Protegida por grandes pedras e com uma profundidade que não ultrapassa um metro, a piscina natural do Cachadaço é um paraíso singular. Localizada no final da praia, possui água verde, cristalina e rica vida marinha.

Para chegar até o local, é necessário fazer uma trilha de aproximadamente 30 minutos. O trajeto é considerado simples, mas com pequenos obstáculos, como lama e pedras. Pessoas com dificuldade de locomoção podem encontrar contratempos. Para eles, há opção de fazer o percurso de barco a partir da Praia do Meio ou da Praia dos Ranchos. Por este meio o trajeto não dura nem 10 minutos e o valor varia, aproximadamente, entre R$10 e R$ 20.

Interessou? Hospede-se na Refúgio Tropical Pousada. A cerca de 4 km do centro histórico de Paraty e a 25km da Praia do Cachadaço, oferece café da manhã incluso na tarifa que pode ser apreciado à beira da piscina.

Serrinha do Alambari: um paraíso escondido entre Penedo e Mauá

Serrinha do Alambari - Penedo e Mauá
A Serrinha do Alambari é um paraíso natural escondido entre Visconde de Mauá e Penedo | Antonio Leão / CC-BY

Saindo um pouco do litoral, as regiões de serra também são um convite irrecusável para aqueles que amam estar em contato com a natureza. Localizada entre Visconde de Mauá e Penedo, a cerca de 285 km da capital, a Serrinha do Alambari vale cada quilômetro percorrido. Perto de São Paulo, a cidadezinha integrante do distrito de Resende abriga incontáveis poços, cachoeiras e piscinas naturais, e é um prato cheio para o turismo ecológico.

O Poço das Esmeraldas é o mais procurado entre os visitantes e seu acesso é feito por uma trilha considerada fácil, leve e bem sinalizada. Caminhe mais alguns minutos e encontre o Poço do Céu que é, sem dúvidas, o mais impressionante. Esta cachoeira possui uma queda d’água que forma uma piscina natural de um azul indescritível, fator este que justifica seu nome. A trilha se finda no Poço dos Dinossauros, que possui grande queda d’água e ótima piscina natural para nadar.

Para chegar até a Serrinha do Alambari partindo de São Paulo, deve-se pegar a Rodovia Presidente Dutra sentido Resende até o KM 311, onde há uma saída para Penedo e Visconde de Mauá. Ao passar a entrada de Penedo, seguir pela RJ-163 sentido Mauá. Atenção no caminho: a cerca de 4 km a partir da entrada de Penedo há uma placa indicando a entrada para a Serrinha do Alambari.

Interessou? Hospede-se na Pousada Valle dos Pássaros.  São 65 mil m² na maior área verde de Penedo, a 11 km da Serrinha do Alambari. A pousada oferece café da manhã incluso e duas piscinas, sendo uma térmica e coberta.

Cachoeira da Pedreira: beleza indescritível em Lavrinhas

Cachoeira da Pedreira - Lavrinha
A Cachoeira da Pedreira é uma ótima opção para se refrescar em Lavrinhas | Daniela Lopes Segadilha / CC BY-SA

Localizada em Lavrinhas, a cerca de 240 km da capital paulista, a Cachoeira da Pedreira não poderia faltar na lista das piscinas naturais perto de São Paulo. O cenário é uma daquelas belezas da natureza que palavra nenhuma consegue definir. De águas azuis e rodeada de pedras – daí a justificativa do nome –, a cachoeira possui fácil acesso e aos finais de semana recebe um grande número de visitantes.

O acesso é feito pela rodovia SP-58, seguindo pela estrada Pinheiros, até chegar no bairro de mesmo nome. Para iniciar a trilha, o carro deve ser deixado na estrada e o trajeto continua a pé, por cerca de 600 m. A dificuldade aumenta em alguns trechos da trilha, sendo não aconselhável levar crianças, idosos ou pessoas com a mobilidade reduzida.

Interessou? Hospede-se na Fazenda Vale da Mantiqueira. Localizado em Virgínia, no Sul de Minas Gerais, o hotel fica a aproximadamente 1h40 de Lavrinhas. Oferece extensa programação de lazer e pensão completa.

Autor

Amante do ecoturismo, a natureza é sempre seu destino preferido! Viaja para recarregar as energias, conhecer pessoas, trocar experiências e voltar para casa com um pouquinho de cada lugar dentro de si.

Escreva um comentário