Já listamos aqui no Zarpo Mag 10 livros sobre viagem para ler durante a quarentena, e agora, separamos 14 livros-reportagem para conhecer novos destinos e inspirar seus roteiros. Aproveite o sossego da quarentena e planeje a sua próxima viagem!

O Brasil Visto do Mar Sem Fim, de João Lara Mesquita

Capa de 'O Brasil Visto do Mar Sem Fim', de João Lara Mesquita
Foto: Divulgação / Terceiro Nome

Durante dois anos, o jornalista viajou por toda a costa brasileira a bordo de seu veleiro, o Mar Sem Fim. Durante sua jornada, além do livro, Mesquita também produziu uma série documental com 90 capítulos para a TV Cultura de São Paulo. Ao todo, foram mais de 6 mil milhas percorridas, que renderam fotografias deslumbrantes e fantásticos relatos dos ecossistemas brasileiros. 

Na pior em Paris e Londres, de George Orwell

Capa de 'Na pior em Paris e Londres', de George Orwell
Foto: Divulgação / Companhia das Letras

George Orwell, alter-ego de Eric Arthur Blair, decide viver de mal à pior em Paris e Londres no final dos anos 20. Em sua jornada trágica, que chega a ser cômica, o jornalista britânico experimenta uma vida radical. De garçon à lavador de pratos, dos albergues às calçadas, o autor narra, em detalhes, as poucas e boas que passou pelas capitais mais desejadas pelos turistas do mundo todo.

Ensaios, de Truman Capote

Livro 'Ensaios', de Truman Capote
Foto: Divulgação / Leya

E como falar de livros reportagens de viagens sem citar o maior observador nato do século XX? Ensaios é o primeiro volume dedicado exclusivamente aos melhores ensaios publicados por Capote. Na obra, o autor narra suas experiências de viagem em Brooklyn, Nova Orleans e Hollywood, tudo isso com apenas 22 anos de idade e no auge de sua carreira.

De Carona com Buda, de Will Ferguson

Livro-reportagem 'De Carona com Buda', de Will Ferguson
Foto: Divulgação / Companhia das Letras

Com uma visão ácida e bem-humorada do Japão contemporâneo, a divertida viagem de Will Ferguson prende os leitores a cada página. A fim de celebrar a famosa chegada da encantadora primavera japonesa, o escritor canadense embarca com muito auto-astral na melhor jornada de sua vida sem gastar um tostão. Apenas de carona em carona com desconhecidos, ele percorre toda a extensão das principais ilhas do país. 

Diários de Bicicleta, de David Byrne

Livro-reportagem 'Diários de Bicicleta', de David Byrne
Foto: Divulgação / Amarilys

Em uma jornada sobre duas rodas, David reúne experiências pelas estrada de Berlim a Buenos Aires, de Istambul a São Francisco, de Manila a Nova York, e entre muitas outras cidades cativantes. No formato diário de viagem, misturado com álbum de fotos e ensaios, o autor reflete sobre filosofia, política, moda e planejamento urbano.

Mulheres Viajantes – Sete Jornadas Insólitas, de Norma Telles

Livro 'Mulheres Viajantes - Sete Jornadas Insólitas', de Norma Telles
Foto: Divulgação / Annablume Editora

Verdadeiras inspirações, sete mulheres entre os séculos XV e XX, em diferentes países, enfrentam o machismo e o preconceito da época para provar a força do feminino. Narrado pela historiadora Norma Telles, os relatos mostram muita determinação com um toque particular de bom-humor. 

Trem Fantasma para a Estrada do Oriente, de Paul Therox

Livro-reportagem 'Trem Fantasma para a Estrada do Oriente', de Paul Therox
Foto: Divulgação / Companhia das Letras

Depois de encantar o mundo com relatos em “O Grande Bazar Ferroviário – De Trem pela Ásia”, Therox, 33 anos mais tarde, decide refazer seus passos, partindo da Europa rumo à Ásia, apenas de trem. Em seu processo de redescobrir sua antiga jornada, o autor discorre, a partir de um olhar curioso e observador, aspectos que mudaram e permaneceram no vasto e curioso continente asiático.

Confira a lista completa de 15 filmes sobre viagem para assistir na quarentena

Europa – Reportagens Apaixonadas, de Ronny Hein

Livro 'Europa - Reportagens Apaixonadas', de Ronny Hein
Foto: Divulgação / Panda Books

Para conhecer a Europa de verdade não basta visitar seus pontos turísticos favoritos, é preciso sentir toda emoção deste continente apaixonante. O livro reúne 42 relatos de jornadas do autor, compartilhando os perrengues de um bom e velho turista, além de reflexões históricas e etnográficas. Viaje da ensolarada Sicília à encantadora Paris, da luxuosa Madri à sedutora Veneza, e viva cada detalhe destes relatos!

Visite 10 museus no Brasil e no exterior sem sair de casa

A Caminho do Atacama, de Rômulo Provetti

Livro-reportagem 'A Caminho do Atacama', de Rômulo Provetti
Foto: Divulgação / Lura Editorial

24 dias de estrada e cenários deslumbrantes compõe a viagem única de Provetti. Sobre duas rodas, o motociclista parte de Belo Horizonte à caminho do Deserto do Atacama, no Chile. Atravessando a Argentina e pegando carona nas Cordilheiras dos Andes, o autor convida o leitor a subir na garupa e curtir o passeio!

A Ilha, de Fernando Morais

Livro-reportagem 'A Ilha', de Fernando de Morais
Foto: Divulgação / Companhia das Letras

Em meio à ditadura brasileira que restringia relações com Cuba, ainda mais forte após a Guerra Fria, o jornalista mineiro Fernando Morais decide viajar por três meses para as “linhas inimigas” da nação. Em sua jornada, retrata um país muito diferente do que se ouvia nos noticiários. Morais traçou um perfil do país não apenas social, mas ideológico também. O livro foi um dos maiores sucessos editoriais da história do Brasil e até hoje é referência. 

Um Diário Russo, de John Steinbeck

Livro-reportagem 'Um Diário Russo', de John Steinbeck
Foto: Divulgação / Cosac Naify

Em 1947, no início da Guerra Fria, o autor Steinbeck e seu amigo, o renomado fotógrafo Robert Capa, resolvem partir em um desafiadora jornada para a Rússia. Em busca de entender mais sobre o que estava acontecendo neste período de crise mundial, os jovens compartilham relatos impressionantes da vida dos russos em meio à guerra. Steinbeck descreve, em detalhes, as belíssimas paisagens que serviram de inspiração em tempos de tragédia. 

A Estrada para Oxiana, de Robert Byron

Livro-reportagem 'A Estrada para Oxiana', de Robert Byron
Foto: Divulgação / Tinta da China

Considerado por muitos escritores modernos como o primeiro livro-reportagem de viagem, a obra é um relato da jornada de dez meses de Byron ao Oriente Médio. Partindo de Veneza, na Itália, o autor inicialmente viaja na companhia de um amigo e narra tudo em formato de diário. Alguns dias mais tarde, a trajetória se torna solo e Robert encontra força e coragem para finalizar seu roteiro sozinho e inspirar àqueles que sempre desejaram viajar na companhia de si mesmos. 

Viagens na Minha Terra, de Almeida Garrett

Capa do livro 'Viagens na Minha Terra', de Almeida Garrett
Foto: Divulgação / Martin Claret

Embarque nesta jornada com bilhete apenas de ida a um dos maiores clássicos da literatura! Viaje com o autor de Lisboa a Santarém e se apaixone pelas terras de Portugal. Enquanto Garrett segue seu roteiro, desbravando estradas afora, ele reflete sobre aspectos políticos, atrasos tecnológicos no país e denuncia más condições de hospedagem do século XIX. Além das digressões, o poeta ainda encontra espaço para narrar o romance de um casal cativante, dando vida à Carlos e Joaninha.

Travels, de Michael Crichton

Livro-reportagem 'Travels', de Michael Crichton
Foto: Divulgação / Vintage

Das pirâmides maias a Kilimanjaro. A trajetória deste livro-reportagem começa com o fim de um sonho: Crichton desiste da faculdade de medicina em Harvard e finalmente começa a alimentar sua curiosidade de ver o mundo com seus próprios olhos. Enfrentando desafios como mares com tubarão e selvas arrepiantes, a narrativa das viagens de Michael é tão emocionante quanto as de obras de ficção. Obra disponível somente em inglês.


Enquanto o mundo pede calma e o isolamento social é nossa realidade, o desejo de arrumar as malas fica para depois. Por ora, que tal planejar seu próximo destino? Confira no Zarpo os hotéis com datas para viajar no segundo semestre e em 2021!

Home - Slider 1
Marilia Gouveia

Fã de carteirinha do metrô, botecos e das calçadas do centro de São Paulo. Coleciona roteiros repetidos e planeja explorar os mais atípicos. Considera que viajar é sinônimo de enriquecimento cultural.

Escreva um comentário